Tiago Leifert revelou, durante a final do Big Brother Brasil 18ª edição que a Organização das Nações Unidas, a ONU, iria ajudar o sírio a tirar a família do sírio Kaysar de seu país. Os pais de Kaysar moram em Aleppo, região próxima à capital Damasco e um dos principais alvos da guerra do país, pois era uma das principais localidades de resistência ao governo do ditador Bashar Al Assad. Para quem não sabe, o país vivenciou a tentativa de um golpe ao governo, mas o ditador conseguiu reverter o cenário e após retomar o poder começou a bombardear e atacar regiões de resistência civil ao seu governo.

O país vive muitos anos em regime de guerra e recentemente foi atacado por uma coalizão entre França, Estados Unidos e Inglaterra.

Por conta do clima animoso que vive o país, Kaysar revelou que queria o prêmio para tirar sua família do país árabe e tê-los mais perto. O prêmio maior não veio, mas com as premiações ganhas durante o programa, somando-se dois carros no valor de R$ 70 mil, mais o prêmio da segunda colocação, R$ 150 mil, ele já teria recursos para trazê-los para o Brasil. Só que não depende apenas da vontade dos sírios para sair do país.

O ditador também só libera sair da Síria em algumas condições.

Para suplantar a barreira legal para a saída do país, Tiago Leifert fez a revelação sobre a possível ajuda da ONU, mas uma notícia divulgada nesta sexta-feira, deu conta que a história não é assim.

Com a repercussão da notícia, Leifert mudou, entretanto, o tom do diálogo em entrevista nesta sexta-feira, 20, ao Vídeo Show e disse que “a ONU não vai entrar lá [na Síria] falando ‘cadê a família do Kaysar?’, não é isso. Ela é uma organização humanitária que consegue responder as perguntas que ele tem”, declarou.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
BBB Big Brother Brasil Fofocas

ONU nega contato da Globo por família de Kaysar

O órgão das Nações Unidas, responsável por refugiados, chama-se Acnur, ou Alto Comissariado das Nações Unidas Para os Refugiados. Conforme o jornal Estado de S. Paulo, o Acnur em nenhum momento recebeu contado da Globo para auxiliar a família de Kaysar a deixar o país em guerra há sete anos. De toda forma o órgão disse que a situação familiar dos pais do ex-BBB18 é muito mais complexa do que parece.

Por conta das críticas públicas sobre a suposta 'mentira' de Leifert, o apresentador falou ao Vídeo Show na sexta-feira e mudou o tom da afirmação.

Segundo ele a ONU não vai simplesmente na Síria pegar os pais de Kaysar e passar por cima das leis do país. A ajuda a qual ele se referia seria apenas para esclarecer dúvidas sobre o que é possível ser feito para resgatar os pais do país em guerra.

Mais notícias sobre o BBB18

BBB18: Gleici ganhou R$ 1 milhão a menos que Dourado e é a 3ª 'menos valorizada'

BBB18: Gleici quebra internet ao revelar futuro da amizade com Ana Clara

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo