Gleici entrou no bbb18 e nos primeiros dias ela passou quase que desapercebida pelo público, poucos notaram aquela menina quietinha. Ela logo se interessou por Wagner e começou a chamar a atenção do público, pois o brother não [VIDEO]se decidia e ela mostrou ser uma mulher de atitude. A acreana chamou o tatuador para uma conversa séria e a partir desse momento começou a se destacar no reality.

Mas Gleici brilhou mesmo foi quando acabou sendo eliminada, só que era tudo de mentirinha. Ela foi levada pela produção até o quarto secreto e ficou de lá observando tudo que acontecida na casa. A emoção da sister ao descobrir que ainda estava no jogo promoveu uma grande euforia nas redes sociais, principalmente quando retornou à casa e colocou Patrícia no paredão.

Há algumas curiosidades sobre a Gleici que até os fãs dela desconhecem. Por exemplo, a sister foi a primeira de sua família a concluir o ensino médio e entrar para a universidade. Ela contou que sempre gostou muito de estudar. Quando ela se formou no ensino médio, usou um vestido que depois emprestou para seu amigo usar no concurso Miss Acre Gay.

A acreana é beneficiária do FIES, para prosseguir com seus estudos. Ela está no curso de psicologia na universidade Uninorte. Para entrar no BBB18, ela teve que ser exonerada do cargo, pois era funcionária pública. Gleici era assessora no Governo do Estado do Acre e recebia um salário de R$ 2.700,00.

Gleiciane Damasceno da Silva [VIDEO]tem 23 anos, mora com sua família no bairro União, periferia da cidade de Rio Branco, capital do Acre, região que é considerada muito violenta.

O pai da jovem era dependente químico e acabou sendo assassinado por traficantes de droga quando estava dentro de casa. A irmã mais nova de Gleici viu tudo e ficou traumatizada.

A participante do BBB18 é a irmã do meio, tem um irmão mais velho, de 24 anos, a mais nova tem 19. O fã-clube da acreana resolveu fazer uma vaquinha e comprou um smartphone para o irmão mais velho, que adorou o presente. No BBB18, Gleici também ganhou um celular. A mãe dela, Vanuzia Damasceno, sofreu muitas agressões dentro de casa e por causa disso se separou quando a filha tinha apenas 6 anos. Nesse período, Vanuzia foi diagnosticada com câncer no útero e precisou largar o emprego em que recebia um salário de R$ 2 mil.

Como não tinha dinheiro para pagar o transporte até a escola, Gleici caminhava 6 quilômetros todos os dias e muitas vezes ia para a escola com fome, mas ela fazia questão de não faltar às aulas. Quando tinha 12 anos, precisou arrumar um emprego de babá, mas ganhava muito pouco, cerca de R$ 100,00. Ela se inscreveu duas vezes para participar do BBB18 e agora é uma das favoritas a ficar com o prêmio de R$ 1,5 milhão.