Não é segredo para ninguém que Silvio Santos detesta os holofotes e faz de tudo para evitar aglomerações. O único lugar onde aceita expor sua imagem é no SBT quando está apresentando seus programas de auditório ou sorteios da Tele Sena. Fora de sua empresa, alguns jornalistas e fotógrafos ainda tentam cruzar com ele na porta do salão do Jassa, seu cabeleireiro há mais de 30 anos.

Na semana passada o maior apresentador de auditório da Televisão brasileira surpreendeu o SBT [VIDEO] e o público ao abrir as portas de sua casa para atender e conversar com um grupo de fãs. Os jovens que moram nas cidades de Lavras e Varginhas, em Minas Gerais estavam passando as férias em Orlando, nos Estados Unidos e resolver passar perto da residência de Silvio Santos, onde fica quase quatro meses do ano descansando ao lado da esposa Iris Abravanel.

O grupo de jovens foi surpreendido quando o apresentador surgiu na frente da casa todo sorridente e disposto a atender a todos. Um dos mineiros é escritor e presenteou o dono da Tele Sena com um exemplar de sua obra literária. O homem do Baú ainda fez uma brincadeira, dizendo que se o livro não o prendesse até a página 5, deixaria de ler.

Silvio Santos é fã de 'La Casa de Papel' na Netflix

O dono do SBT mostrou bom humor ao conversar com seus visitantes. Um deles fez comentários sobre as séries da Netflix [VIDEO] e ele aproveitou para elogiar um dos grandes sucessos do streaming. "Casa de Papel é muito boa, né?", disse ele, referindo-se à produção espanhola 'La casa de Papel'.

Silvio Santos também falou sobre 'Stranger Things', que além da Netflix, foi exibida no SBT após o término do 'Teleton 2017'.

O apresentador ainda brincou com os moradores de Minas Gerais ao relembrar o famosos acontecimento dos anos 90, o 'ET de Varginha'. "Não é aquela cidade em que todo mundo foi embora por causa do ET?", disse ele em tom de brincadeira.

SBT pretende investir em plataforma digital

A emissora de Silvio Santos pretende concorrer com a Netflix e a Globo com a distribuição de conteúdo digital. O projeto ainda é mantido sob segredo, mas segundo o site NaTelinha, será um dos investimentos mais ambiciosos que o grupo já fez.

O aplicativo, que ainda não tem um nome definido, distribuirá conteúdo da emissora como novelas, telejornais, programas e séries, entre novos e antigos. Existe ainda a possibilidade de exibição de conteúdo de produtoras independentes até o lançamento da plataforma que deverá ocorrer no segundo semestre do ano. Em seu canal no Youtube o SBT conta hoje com 5 milhões de inscritos, uma das maiores marcas do mundo em se tratando de uma emissora de televisão.