Produtora cultural e integrante da companhia La Mínima desde o ano 2000, Luciana Lima é viúva de Domingos Montagner, ator global que morreu em 2016 ao se afogar no Rio São Francisco, em Sergipe, onde gravava a novela “Velho Chico”.

Em entrevista ao UOL, em que anunciou uma exposição e um documentário sobre a companhia, Luciana falou sobre a perda do marido, garantiu que sente sua presença e isso faz com que a dor pela perda seja minimizada [VIDEO]. Luciana revelou também que algumas cenas de Domingos seguem inéditas para ela, como a reta final de “Velho Chico”, que ela afirma não ter assistido até hoje.

Presença de Domingos Montagner

O ator Domingos Montagner morreu no dia 15 de setembro de 2016, após gravações da novela “Velho Chico” [VIDEO].

Durante a tarde, ele a atriz Camila Pitanga foram mergulhar no Rio São Francisco, na cidade de Canindé de São Francisco, no Sergipe, e o ator acabou se afogando e morrendo.

Montagner deixou a esposa, Luciana Lima, e três filhos de 7, 11 e 15 anos. Na entrevista ao UOL, Luciana diz que sente a presença espiritual de Domingos Montagner e isso fez ela dar menos importância à morte do marido.

A presença, segundo ela, também ajudou a explicar aos filhos sobre a finitude da vida e a importância de valorizar o presente. Luciana afirmou que às vezes não acredita que já se passaram 19 meses.

“Às vezes, estou com meus filhos e falamos: ‘Nossa, sério? Já faz 19 meses? Vamos fazer as contas de novo’”, comentou na entrevista, afirmando que sentem uma saudade leve e gostosa. “atribuo à presença espiritual dele sempre nos amparando”, explicou.

Carcereiros

Quando Domingos Montagner morreu a novela “Velho Chico” estava na reta final. Nos últimos episódios, sem ele, a direção da novela optou por representa-lo pelas lentes da câmera.

Luciana Lima revelou também que só assisti do marido aquilo que é obrigada por questões profissionais, fora isso ela garante que não assistiu aos últimos 15 dias da novela “Velho Chico” e nem viu a série “Carcereiros”.

A série que retrata o dia a dia em uma cadeia estreia na Globo no próximo dia 26 de abril, mas pode ser assistida na plataforma streaming da emissora. Ao final de “Velho Chico”, ele seria o carcereiro que acabou sendo interpretado por Rodrigo Lombardi.

Essa substituição fez com que a série fosse atrasada. Lombardi já estava escalado para fazer a novela “A Força do Querer”, sucessora de “Velho Chico” no horário das nove horas na Rede Globo.