Os internautas ficaram revoltados com mais declarações feitas contra #Kaysar por participantes do “Big Brother Brasil 18”. Nesta segunda-feira (2), por exemplo, Wagner deu declarações polêmicas sobre o companheiro de confinamento.

“Se um gringo ganhar o BBB pode o mundo acabar, daí é o fim do mundo. Aí acabou”, comentou Wagner. “Só quem mora lá fora sabe como brasileiro é tratado fora daqui, o preconceito”, prosseguiu o brother [VIDEO].

Wagner está no paredão, após ter sido indicado por Kaysar na noite de domingo. Ele não gostou nem um pouco de ter ido para a berlinda e corre grande risco de ser eliminado.

Kaysar favorito

Sírio de nascimento e brasileiro de coração desde que deixou o país em guerra [VIDEO], a alguns anos atrás e passou pela Europa antes de desembarcar em terras tupiniquins, Kaysar não é o primeiro gringo a participar do “BBB”.

Angolanos, argentinos e espanhóis já participaram do “Big Brother Brasil”, mas nenhum deles chegou tão perto de ganhar o programa quando Kaysar nesta atual edição.

O sírio, que é garçom e mora em Curitiba, é um dos favoritos a vencer a 18ª edição do reality. A história de vida de Kaysar chamou a atenção dos internautas em todo o Brasil.

Refugiado de guerra, ele não vê a família desde que deixou a Síria e isso tocou fundo no coração dos telespectadores que assistem ao reality show apresentado por Tiago Leifert.

Kaysar deve estar na final, junto com Gleici e, provavelmente, a família Lima. A enquete do UOL mostra que Wagner deve deixar o reality nesta terça, com aproximadamente 80% dos votos.

Xenofobia

Xenofobia pode ser definida como aversão a estrangeiro. Vale dizer que cada pessoa poder ter direito a dar sua opinião sobre todos os temas.

Se Kaysar está no #BBB 18 é porque gringos podem participar do programa. Em outros países, acontece a mesma coisa e estrangeiros participam da disputa.

Portanto, Wagner, Paula, Ana Clara e todos os que criticam o fato de Kaysar ser estrangeiro e estar no “Big Brother Brasil” podem ter essa opinião, assim como a produção do reality pode pensar diferente e incluir estrangeiros na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão.

Antes da declaração de Wagner, Paula havia causado polêmica ao dizer que Kaysar deveria participar do “BBB” da Síria. Internautas detonaram a sister no Twitter, postando fotos do estado calamitoso pelo qual o país passa após a guerra civil que já matou centenas de milhares de pessoas.

Na sua opinião, um estrangeiro pode participar do “Big Brother Brasil 18”?