Nos últimos dias, o ator Cyro Ramos Nogueira Filho teve seu nome envolvido em uma grande polêmica após a Polícia Federal apreender em sua casa, materiais de cunho erótico infantil. Ele também foi acusado de cometer abusos sexuais em crianças e compartilhar vídeos impróprios em páginas da internet.

Na residência do ator que fica localizada no Guarujá, litoral paulista, a polícia apreendeu mais de 30 mil arquivos considerados ilegais.

O artista é conhecido por seus papeis no cinema, teatro e televisão.

O ator de 54 anos de idade foi condenado na última quarta-feira (23), a 95 anos e dois meses de prisão por divulgar na internet, imagens improprias envolvendo crianças e por crimes de abusos sexuais.

Cyro Ramos foi alvo da segunda fase da chamada Operação Glasnost, iniciada pela Polícia Federal em julho de 2017.

As investigações ocorreram a partir do monitoramento de um site russo que era utilizado para troca de fotos e vídeos que continham conteúdos de exploração sexual infantil.

A prisão de Cyro Ramos Nogueira Filho

O artista foi detido por policiais que cumpriam mandados de busca e apreensão em sua casa. No local, a Policia Federal apreendeu celulares, computadores e materiais impressos contendo imagens de menores de 18 anos, configurado como crime de exploração sexual e divulgação de material ilícito na internet.

O ator foi preso em flagrante em cumprimento a uma ordem judicial pelos crimes cometidos por ele que foram comprovados após uma longa investigação da justiça.

Na busca policial, foram encontrados cerca de 987 vídeos e 29.608 fotos que exibiam atos sexuais envolvendo crianças.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Polícia

Surgiram mais provas que incriminam o artista

Além de todo o material apreendido na residência de Cyro, os peritos também encontraram provas de que o ator filmava imagens de abuso infantil e depois as compartilhava em páginas da internet por meio do site russo. Uma criança de 3 anos de idade foi apontada como uma das vítimas do famoso.

O menino estava sob os cuidados do ator e os pais não desconfiaram do abuso.

Em uma das filmagens produzidas por Cyro, intitulada (‘’Minha Pequena Princesa em Treinamento - A Nova Vida de Um Menino mariquinha’’, em tradução livre), o pequeno era obrigado a vestir roupa de mulher, sendo covardemente violentado sexualmente.

Todo material apreendido pelos policiais e as provas físicas e eletrônicas encontradas foram suficientes para encerrar a investigação e colocar o ator na cadeia.

A defesa de Cyro alegou que o artista sofre de problemas mentais. Além de pagar multa, ele ficará preso em regime fechado.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo