O alcoolismo é uma doença séria e que chega a devastar o sujeito e todos a sua volta. Muitas pessoas famosas lutam contra esse problema, sem mesmo que os fãs tenham conhecimento. Recentemente um conhecido cantor gospel foi acusado de ter cancelado um show por estar embriagado. J. Neto, é dos maiores e mais respeitados cantores evangélicos dos últimos tempos. Ele foi acusado [VIDEO] pelo pastor João Luiz Rocha de ter cancelado uma apresentação, que teria recebido adiantado, por supostamente estar embriagado. A acusação foi feita através de posts publicados nas redes sociais do próprio pastor.

Cantor J. Neto é acusado [VIDEO] pelo pastor de ficar bêbado e não cumprir compromissos na igreja

João Luiz Rocha é presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular em Alagoas.

Por nota em suas redes sociais, nesta última quinta-feira (3), ele informou que o cantor J. Neto não cumpriu com os compromissos profissionais que tinha com a igreja por conta do alcoolismo. J. Neto ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

O pastor João Luiz Rocha chegou a deletar alguns vídeos feitos por ele que informava os motivos da ausência da apresentação de J. Neto. Segundo o pastor o cantor teria recebido adiantado a quantia de R$ 2.500 para se apresentar em uma igreja evangélica de Alagoas. No entanto, J. Neto não teria realizado o show, pois o cantor Gospel estava sob efeitos de bebidas alcoólicas e não teria conseguido se apresentar.

Pastor apaga mensagens, após ter acusado cantor J. Neto de ser alcoólatra em suas redes sociais

O pastor explicou que a quantia de R$ 2.500, paga a J.

Neto é apenas metade do cachê e que o cantor receberia para fazer um show em uma das igrejas capitaneadas pelo religioso. Internautas [VIDEO] teriam feito Prints das acusações feitas nas redes sociais do pastor. Nas postagens ainda tinha uma suposta foto de J. Neto que comprovava que ele estava bêbado e que não teria nenhuma condição de realizar a apresentação.

Na sequência, João Luiz Rocha publicou que lamenta o estado do cantor evangélico e que estaria orando bastante pelo irmão, depois o acusou o mesmo de ter enganado os fiéis e fãs de suas músicas religiosas.

Antes de virar cantor gospel, J.Neto tentaria tentando suicídio em 1981. Após a tentativa, ele acabou encontrando Cristo e pouco tempo depois, se tornou uma grande referência na música gospel.

J.Neto foi consagrado a pastor em meados de 2015, na igreja do senhor Jesus Cristo, em Fortaleza-CE.