Considerada uma das figuras mais populares e influentes do Brasil [VIDEO]quando o assunto é o axé baiano, Carla Perez, que atualmente se encontra com 40 anos de idade, deu o que falar ao trazer à tona um assunto um tanto quanto delicado, que teria colaborado amplamente com sua saída do grupo É o Tchan.

Evitando falar os reais motivos que a fizeram abandonar o famoso grupo onde atuava brilhantemente como dançarina nos anos 1990, a loira finalmente explicou as razões que a fizeram deixar o É o Tchan. Em entrevista a Sabrina Sato, no ‘’Programa da Sabrina [VIDEO]’’, produzido e exibido aos sábados pela RecordTV, a ex-dançarina mais famosa do país abriu o coração e revelou que o que a fez deixar o grupo e os colegas de palco foi um episódio de agressão, do qual foi a vítima.

Disposta a falar, Carla declarou que foi agredida por um dos empresários responsáveis pelo grupo. Humilhada e decidida a não se submeter as ordens e desaforos daquele que lhe deveria dar suporte, ela saiu do É o Tchan, se apresentando pela última vez com o grupo musical em um show em Salvador, capital da Bahia, sua cidade natal.

Trazendo à tona publicamente o polêmico assunto de agressão contra a mulher, a ex-dançarina ergueu a bandeira da não violência e passou a ser um ícone no que diz respeito ao incentivo à intolerância quando o assunto é violência contra a mulher.

Assim como Carla Perez, outras famosas já foram agredidas covardemente

Milhões de Mulheres, sejam elas anônimas ou famosas, sofrem com a violência ao redor do mundo. Praticada na maioria das vezes por seus próprios parceiros, muitas delas optam por permanecer em silêncio seja por medo, amor ou esperança de que um dia o sofrimento acabe.

Recentemente a também ex-dançarina Ellen Cardoso, publicamente conhecida como Mulher Moranguinho, prestou queixa contra o marido, o famoso cantor de funk Naldo Benny, após, segundo ela, ter sido covardemente espancado dentro de sua própria casa.

Gerando comoção e motivo de indignação entre os fãs, após se distanciar do músico e rever seu casamento, Moranguinho optou por dar uma chance a Naldo e salvar seu casamento.

Há cerca de dois anos, a modelo, empresária e socialite Luiza Brunet foi a público relatar uma agressão sofrida por parte de seu até então marido, o empresário Lírio Parisotto. De acordo com ela, após uma intensa discussão, o companheiro a empurrou e, em seguida, disparou socos na região de sua face, lhe deixando com sérios hematomas.