Aconteceu no finalzinho da tarde deste sábado (19), quando o cantor Eduardo Costa publicou no Stories do Instagram, um vídeo mostrando o seu tanquinho. Ele desejou bom dia aos fãs com uma voz rouquinha de quem acaba de acordar e foi mostrando o quanto sua barriga estava 'sequinha' e baixando a câmera, quando de repente, o grande detalhe em seu shorts chamou a atenção dos fãs!

O cantor nunca escondeu de ninguém o quanto é vaidoso e vive postando fotos e vídeos do corpão em forma. Eduardo também postou foto nas redes sociais dizendo que devagar seu tanquinho está melhorando e que a 'máquina de lavar' já está em condições de ser usada!

Veja o vídeo

Eduardo Costa é vaidoso e não esconde

Um dia antes da postagem acima, na sexta-feira (18), o cantor mostrou preocupação com a pele também, que por conta do sol, está envelhecida.

Novamente no Stories, ele postou os procedimentos que está fazendo para cuidar da pele do rosto e diminuir as rugas e sinais de expressão [VIDEO].

Eduardo Costa é bastante vaidoso e, em entrevista recente a Leo Dias, através do 'Fofocalizando', ele revelou que já fez plástica e não tem pudores para fazer o necessário para cuidar de si, além de revelar sem problemas como cuida do corpo, saúde e rosto.

O sertanejo disse que o creme que está usando atualmente, que promete uma 'plástica natural', realmente dá resultado.

O cantor é acusado de fraude milionária

Também na sexta-feira, dia 18, de acordo com o jornal online Metrópoles, o sertanejo está sendo acusado de uma fraude milionária e investigado pela Polícia do estado de Minas Gerais. Ao que tudo indica, o cantor trocou uma casa no sul de Minas, por outra na região da Pampulha, situada em Belo Horizonte.

A diferença entre as duas propriedade é de 7 milhões de reais, que o cantor quitou com carros de luxo e barcos, de acordo com o R7.

Aparentemente nada errado, não é? Mas os novos donos do imóvel deram conta de que o terreno onde está localizada a casa que fica às margens do Lago de Furnas, está sendo desapropriada pelo MPF (Ministério Público Federal) e fazer negócios com um terreno em processo de desapropriação é caracterizado como crime de estelionato. Os donos atuais dizem que o cantor sequer os alertou das ações que vêm sendo tomadas pelo Ministério Público Federal.

De qualquer modo, deixando claro que prestava esclarecimentos apenas em respeito aos fãs, o cantor afirmou que não há verdade nos fatos [VIDEO], o que ele classificou como "declarações falaciosas" e que, oportunamente, tudo será colocado às claras.

Tão logo tenhamos mais novidades sobre esse caso, informaremos aos leitores do jornal Blasting News.