Deborah Secco será [VIDEO]uma das protagonistas da nova novela das 21 horas na Globo, Segundo Sol e a trama nem começou, mas a atriz já vem causando polêmica com suas declarações. Em uma entrevista dada recentemente, Deborah contou que da mesma forma que acontece com a grande maioria das mulheres, ela também já sofreu assédio, mas que com ela não foi até as últimas consequências e contou que quando é no local de trabalho, a situação fica ainda mais complicada.

Durante a conversa, a atriz recordou o episódio em que virou 'manchete' por ter traído, mas que quando foi traída, o fato não alcançou a mesma proporção e que isto a deixou muito triste.

Deborah Secco garantiu nunca ter dito que é legal trair e que por muitas vezes não conseguiu sair de um relacionamento para se ver livre do abusador, sendo preciso encontrar uma outra pessoa, para só aí deixar a antiga relação.

A atriz global declarou que já sentiu muito medo de alguns de seus companheiros, medo de apanhar, inclusive. Que sempre ouviu deles, que a vida dela iria acabar caso se separasse. Ela contou também que se sentia sempre acuada e que passou boa parte de sua vida desta forma, mas que isso agora ficou no passado.

Outra reclamação da atriz é que muitas pessoas não compreenderam a declaração que deu sobre a desigualdade de gênero e até chegou a ser acusada de machista, mas Deborah garante que apenas quis dizer que tem preguiça de fazer sexo e que as mulheres que são casadas, assim como ela, não estão sempre dispostas a ter relações sexuais com o marido, devem começar porque depois fica bom.

Justificando sua declaração que causou grande polêmica nas redes sociais, a atriz explicou que tem pressão baixa e este é um dos motivos desta 'preguiça' de ter intimidades com a pessoa amada.

Aos 38 anos, a atriz até se acha superfeminista e que sempre que fala sobre traição, sempre causa algum tipo de polêmica, pois acredita que isto acontece porque muitas pessoas se sentem incomodadas. Para ela, a sociedade ainda aceita o homem trair a mulher, mas quando é o contrário, logo vira notícia e isto foi o que aconteceu quando ela ficou com outro durante um relacionamento.

Em seu novo papel, na novela 'Segundo Sol', Deborah será uma vilã, quase uma 'Carminha', personagem inesquecível que foi interpretada por Adriana Esteves na trama 'Avenida Brasil'.

Deborah Secco irá interpretar uma personagem que nasceu em uma comunidade muito pobre e que acabou se prostituindo até conhecer um cantor de axé. Ela confessou que vai se inspirar sim na 'Carminha' e até em Nazaré, personagem de Renata Sorrah em 'Senhora do Destino'. O público pode esperar muita maldade na próxima novela das 21 horas que estreia nesta segunda-feira (14).