Desde o início do ano, o ex-jogador Juninho Pernambucano vinha acumulando polêmicas com os seus comentários no programa [VIDEO] Seleção SporTV. No final de março, ele acusou a torcida do Flamengo de ser preconceituosa contra o lateral Renê por ele ser "feio, nordestino e amigo de ninguém".

A fala de Juninho ocorreu logo depois da eliminação do Flamengo [VIDEO] na semifinal do Campeonato Carioca para o Botafogo. Renê ficou de fora e o Fla foi derrotado, em jogo que gerou a eliminação do técnico Paulo César Carpegiani e várias quedas no departamento de futebol.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Flamengo

Como o Renê pode ser mau jogador se chegou no Flamengo? Acontece que ele é feio, é nordestino, não é amigo de ninguém... essa é a triste realidade. A nossa sociedade, o brasileiro é preconceituoso.

E a torcida da massa (referência à torcida rubro-negra) é preconceituosa.

Por consequência, o comentário de Juninho imediatamente ganhou reação oficial do Flamengo, que soltou nota lamentando a postura do ex-jogador.

Oficialmente, o clube lamentou a fala de Juninho e ao mesmo tempo fez questão de citar jogadores como Ronaldo Angelim, Dida e Obina, que vieram de outras regiões do país, e que fizeram sucesso no clube, sempre amparados pelo apoio da torcida.