A Polícia Federal tem feito diversas operações e prisões para coibir e tentar acabar de vez com a prática cruel e violenta que ataca diretamente as crianças. Nesta quinta-feira (17), em mais uma megaoperação, a PF e as Polícias Civis de vários estados prendeu nada menos que 251 pessoas que estariam envolvidas em crimes de pedofilia ou armazenando material erótico de crianças.

Entre as centenas de presos em todo o Brasil, um chamou muito a atenção do público por conta de ser famoso e já ter tido um grande espaço na TV. Trata-se de um humorista que fez parte do elenco do programa ‘’Pânico’’, ainda quando a atração era exibida na Rede TV!.

O nome do ator e humorista é Marcelo Eiji Harada, mas talvez pelo nome você não saiba quem é. Por outro lado, relembrando seus personagens, certamente se lembrará dele.

Humorista ex-‘Pânico’ é preso acusado de pedofilia

Um dos detidos na megaoperação de combate a pedofilia foi Marcelo Eiji Harada, também conhecido como "Japonês do Pânico". A ação foi deflagrada nessa quinta-feira (17). O humorista, que ficou famoso no programa ‘’Pânico’’ interpretando a personagem Sabrina Sapo, gravou um vídeo negando a acusação, informa o site TV e Famosos.

A delegada Elizabete Sato, da DHPP (Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa), confirmou toda a história de prisão do famoso. A operação foi deflagrada em todos os estados do Brasil, além do Distrito Federal, e teve como objetivo punir pessoas que vendem, armazenam, distribuem e até praticam atos de pedofilia.

Se você não sabe, em casos anteriores de desmonte de quadrilhas especializadas nos crimes, quem distribui os materiais costuma ser um pedófilo contumaz que promove as gravações com diversas crianças.

Especialmente em Brasília, um ex-diretor de escola pública foi preso sob a acusação de distribuir o material erótico infantil e com ele foram encontrados diversos vídeos, onde ele era o ‘’ator principal’’.

Delegada confirma que achou provas

Segundo uma das delegada envolvidas no operação em São Paulo, um HD com imagens eróticas infantis foi encontrado na casa do Japonês do Pânico, o que será usado como prova contra ele nos tribunais. O humorista acabou pagando fiança mínima de R$ 1 mil e liberado em seguida, mas responderá o processo judicial.

O ator e humorista lançou um vídeo em sua página no Facebook justificando que não fez nada disto e que tudo não passa de sensacionalismo, citando a Record, que foi quem apresentou a reportagem na TV em primeira mão.

Mais notícias sobre o mundo dos famosos

Simony volta com marido e segredo por trás da separação vem à tona; entenda [VIDEO]

Morre Cláudia Celeste, ex-atriz da Globo que poucos sabiam que era um rapaz [VIDEO]