Marcelo Eiji Harada. Pelo nome você provavelmente não conhece, mas ele ficou famoso em todo o Brasil como o Japonês do “Pânico”, programa de humor que foi exibido nas noites de domingo, primeiro na RedeTV! e depois na Bandeirantes, entre os anos de 2003 e 2017.

Nessa quinta-feira (17), Harada foi preso e o motivo chocou aqueles que o acompanham no “Pânico”. Em sua residência, na Zona Sul da cidade de São Paulo, foram encontrados conteúdos eróticos infantis.

Publicidade
Publicidade

A Polícia Civil fez uma grande operação de combate ao erotismo infantil e a casa de Harada foi um dos destinos visitados pelos agentes policiais. Do local, foi levado um HD externo e a vistoria técnica dos policiais especializados mostrou que havia armazenamento de conteúdo proibido.

Marcelo Harada pode ser condenado por armazenar este tipo de conteúdo em casa e pode pegar de um a quatro anos de prisão. Além disso, ele terá que pagar uma multa, se condenado, fixada pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Polícia

Da parte de Harada, ninguém se manifestou. À essa altura ele, certamente, já conta com a ajuda de um advogado para deixar a cadeia. Por ser réu primário, ele estará livre em breve e deve aguardar o julgamento em liberdade.

Material erótico infantil é crime

Normalmente, as pessoas ficam impressionadas quando se fala em pedofilia, que é o ato sexual com uma criança, mas material erótico infantil é tão reprovável quanto, de acordo com a lei. O consumo deste tipo de material é um passo para a pedofilia.

Publicidade

Fotografar e armazenar fotos de crianças nuas é crime e a pessoa que faz isso pode ser descoberta. Afinal de contas, não há nada que seja feito na internet que fique encoberto.

Com o avanço da tecnologia, as autoridades têm ferramentas de última geração que permitem localizar quem está cometendo algum crime, como o de guardar material erótico infantil ou transmiti-la via internet.

A sensação de que na internet se pode fazer tudo porque é terra de ninguém, sem lei, é bem enganosa. Tudo está sendo visto e a Polícia está atenta ao que está acontecendo. Esta não é a primeira ação em proteção às crianças.

Japonês do ‘Pânico’

Nos 14 anos em que ficou no ar, o “Pânico” contou com muitos integrantes em seu elenco, digamos, de apoio. Um deles foi o Japonês, que ficou alguns anos no programa, quando este era exibido ainda pela RedeTV!, e ganhou certo destaque na sátira que Carioca fazia de Jô Soares. O quadro Jô Suado tinha Marcelo Harada como o assistente de palco Alex.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo