O ator Fábio Assunção, da Rede Globo de Televisão, foi preso na manhã desta quinta-feira (3), no Jardins, área nobre da cidade de São Paulo [VIDEO]. Ele foi detido após se recusar a fazer o teste do bafômetro e foi para a 78ª Delegacia de Polícia, que fica nessa região da capital paulista.

Fábio bateu em dois carros com motoristas, na Alameda Franca [VIDEO] e, de acordo com a polícia, foi autuado por embriaguez ao volante e deve pagar fiança e responder em liberdade. Ninguém ficou ferido no Acidente. A Polícia Militar foi chamada ao local, e o artista se recusou a fazer o teste do bafômetro. Ele estava dando sinais de embriaguez e também se recusou a passar por um exame no Instituto Médico Legal (IML).

Fábio Assunção foi preso no ano passado

Não é a primeira vez que o ator tem problemas com a polícia. Em junho do ano passado, Fábio foi preso em flagrante na cidade de Arcoverde, sertão de Pernambuco. Na ocasião, ele foi acusado de dano qualificado ao patrimônio público, desacato a autoridade, desobediência e resistência a prisão.

A prisão ocorreu após o ator se envolver numa briga no Pátio de Eventos da cidade, onde divulgava o documentário "Samba de Coco", feito em parceria com a então namorada, a atriz Pally Siqueira. De acordo com os policiais da região, ele estaria agressivo e teria ameaçado duas jovens.

Ao ser levado para a delegacia, o global ficou bastante alterado e agressivo, se negou a entrar na viatura e quando os agentes conseguiram colocar Assunção no veículo, ele quebrou o vidro traseiro.

Fábio usou o Instagram para se desculpar e lamentou o ocorrido pedindo desculpas aos moradores. Ele foi alvo de discurso de ódio nas redes sociais, mas recebeu o apoio de vários colegas de profissão através de homenagens

Rede Globo exigiu que Fábio Assunção fizesse um tratamento contra dependência química

Após o escândalo que se envolveu no ano passado, em Arcoverde, Fábio recebeu um ultimato da Rede Globo. Segundo informações de Leo Dias, colunista do jornal O Dia e apresentador do Fofocalizando, programa do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT), a TV Globo deu uma última chance para o seu ilustre funcionário e, na ocasião, exigiu que ele começasse a fazer um tratamento para tratar a dependência do uso de álcool e drogas ilícitas.

A emissora carioca não quer mais ver seu nome atrelado a confusões desse tipo e colocou o tratamento como condição para que o ator continue trabalhando no veículo de comunicação. Ainda segundo o jornalista, não é a primeira vez que a Globo teria oferecido assistência para Fábio se tratar da dependência química, que o assola desde inicio de sua carreira, nos anos 1990.