A próxima novela da Rede Globo de Televisão que trará atores renomados como Deborah Secco, Vladmir Brichta, Adriana Esteves e Giovanna Antonelli [VIDEO]ainda não estreou, mas já está causando grande polêmica. Intitulada de Segundo Sol, a produção é escrita por João Emanuel Carneiro que já escreveu grandes sucessos como Avenida Brasil Cobras e Lagartos e a Favorita, a novela do horário das 21 horas se passa na belíssima Salvador-Bahia, onde está concentrada a maior população de negros e pardos do país segundo o IBGE.

Sendo assim a polêmica se dá, pela falta de atores e atrizes negros na trama e, vem causando alvoroço nas redes sociais.

Segundo uma nota emitida pela emissora, a Rede Globo admitiu a falta no elenco de atores negros, todavia, garante que isso acontecerá somente em uma fase inicial da novela. A emissora do ‘plimplim’ também afirmou que estudaram a hipótese de chamar nomes como a atriz Tais Araújo [VIDEO] assim como também a atriz Camila Pitanga, no entanto, Tais não aceitou o convite por estar engajada em sua personagem na série Mister Brau, e Camila estaria se dedicando a sua vida pessoal e momentaneamente prefere ficar longe da televisão.

Redes sociais se manifestam: "Atores não faltam"

Alguns internautas dizem não ter representatividade na novela afirmando que atores e atrizes negras só são usados nas Novelas quando existem papéis de escravos e/ou serviçais. Um internauta disse que não existem somente Tais Araújo e Lázaro Ramos para protagonistas que seria um absurdo.Outro internauta disse que a novela Segundo Sol se passa na Bahia, porém, parece que faltou ‘Sol’ no elenco.

Surgiram campanhas nas redes sociais como Facebook e Instagram com o tema: “Eu poderia estar em Segundo Sol.” E a hashtag #representatividade, uma lista com nomes de grandes atores e atrizes negras que poderiam protagonizar a novela, nomes como Sérgio Menezes, Zezeh Barbosa, Aílton Graça, Sheron Menezes entre outros. O assunto vem tomando as redes sociais levantando a discussão sobre o polêmico tema racismo.

Rede Globo se manifesta

A emissora, após realizar uma reunião com toda equipe e grande parte do elenco, se manifestou e afirmou em nota que os critérios usados para escalação de papéis são artísticos e técnicos, que a cor da pele não influencia na escalação do personagem, e sim, perfil, talento e disponibilidade do elenco.

A estreia da novela está prevista para segunda-feira, dia 14 de maio.