O efeito Ivana, de A Força do Querer, ainda segue firme e forte no setor de teledramaturgia da TV Globo. Tanto que em Onde Nascem os Fortes já tem um personagem semelhante. O problema é que a Globo decidiu intervir em um desses papéis na nova novela de Aguinaldo Silva.

O autor tinha planos de ressuscitar Nazaré Tedesco, personagem que ficou famosa em Senhora do Destino, fato de deixou a internet ouriçada com a possibilidade de ver a vilã de volta à TV. A atriz Renata Sorrah, intérprete de Nazaré, teria solicitado a Aguinaldo Silva que não revivesse a vilã, mas que criasse uma nova personagem tão marcante quanto a anterior.

Silva, então, decidiu transformar Renata em um transexual marrento e que não usava nome feminino para não ganhar fama de coitadinho ou vítima da sociedade. A Globo decidiu intervir e decidiu que Renata é bem-vinda na trama, mas que se prosseguir com a ideia de criar um personagem trans como o que havia sido anunciado, deverá ser interpretado por um homem.

Portanto, Renata deve brilhar na próxima novela das 21h, O Sétimo Guardião, mas não será mais com esse papel. A informação foi divulgada pela jornalista Keila Jimenez, do portal de notícias R7.

Aguinaldo Silva não deve ter gostado nem um pouco do veto de Renata no papel que ele havia escolhido. Talvez por este motivo, no dia 8 de maio, ele fez uma publicação no Twitter [VIDEO] dando uma espécie de indireta na emissora ao publicar uma foto da atriz Charlize Theron no filme Mad Max e dizer que, pelas atuais normas, Theron não poderia ter sido escalada para o filme, pois o seu personagem só tem um braço e ela tem dois.

Veja:

Esta é a segunda vez que a emissora intervém na atual obra de Aguinaldo. Recentemente, a Globo vetou [VIDEO] a escalação de José Mayer para a trama, mesmo depois de Aguinaldo já ter o escalado para um papel importante na novela. O ator está na “geladeira” da emissora desde 2017, quando foi acusado de assediar uma figurinista.

Na época, eram exibidos os últimos capítulos da novela A Lei do Amor, última que ele integrou um elenco, interpretando o personagem Sebastião. Embora a Globo não tenha se pronunciado, é possível que a emissora só esteja esperando o contrato do ator vencer para dispensá-lo de seu casting de talentos.

Esta foi a segunda novela em que ele foi vetado desde a polêmica do ano passado. Além da intervenção da Globo na escalação e papéis de O Sétimo Guardião, a novela tem sido adiada pela emissora há algum tempo. Anteriormente era para ela ter começado a ser produzida no ano passado, substituindo O Outro Lado do Paraíso.