A Rede Globo decidiu não demitir o ator Fábio Assunção por conta dos seus problemas pessoais. Ele foi preso, na semana passada, pela segunda vez e revoltou vários diretores do canal carioca. Cogitou-se em romper o contrato dele. Fábio bateu em dois carros, chegou a ser preso, pagou fiança e foi libertado. Um grande vexame para um artista que tem recebido muitas oportunidades na emissora do Rio.

Mesmo após ser revelado que diretores estariam nervosos com o ator, a alta cúpula da Globo decidiu abafar o caso e explicou que o comportamento dele nas gravações nunca causou nenhum problema.

Um outro ponto destacado pela Globo, é que Fábio tem requisitos de um galã, coisa que, segundo a emissora, está em grande falta na televisão. Além disso, ele é bom ator e tem grande carinho dos telespectadores.

Todos os elogios feitos ao ator mostram que a emissora ignorou fatos imprescindíveis. O ator bateu em dois carros porque poderia estar embriagado. Ele se recusou a fazer o teste de bafômetro e desacatou policiais. Ele poderia ter causado uma tragédia e até ferido algumas pessoas pelo seu estado.

Executivos da emissora parecem estar preocupados apenas com os projetos da empresa. Em 2016, ele foi protagonista da novela "Totalmente Demais" e mais problemas causou. Faltou em várias gravações, chegou atrasado em outras e sofreu três acidentes que prejudicaram o andamento das gravações. A Globo perdoou e a grande pergunta que fica é quanto tempo a emissora vai continuar tolerando as suas atitudes.

Política

Um outro caso que a Globo também preferiu ignorar foi o fato do ator se envolver com política, o que poderia prejudicar sua carreira.

Vai ficar por fora de assuntos como este?
Clique no botão abaixo para se manter atualizado sobre as notícias que você não pode perder, assim que elas acontecem.
Famosos

Durante o lançamento da série "Onde Nascem os Fortes", ele se utilizou de um espaço da emissora para fazer conotações políticas. "Lula livre, fora Temer", foram as palavras usadas por ele.

O ator desrespeitou um grande público da Globo que não tolera o ex-presidente Lula. As suas insinuações acabaram criando um mal-estar. Vários defensores da Operação Lava Jato chegaram a repudiar as declarações do ator pelas redes sociais. A Globo, novamente, optou pelo silêncio.

Galã

A tese utilizada pela emissora de que o ator é um galã também foi vista com indiferença por algumas pessoas.

São tantos os atores que pedem uma oportunidade na emissora e não são ouvidos. A Globo dizer que ele é bonito e não pode sair do canal é algo estranho e lamentável.

Porém a decisão dos executivos da emissora tem sido essa. Ele continuará trabalhando normalmente.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo