De acordo com a nota de esclarecimento enviada pela PROMOART, empresa de propriedade do apresentador do apresentador da Rede TV Gugu Liberato: "O caso segue ainda sub judice e também são réus o próprio Condomínio Barra Beach e o proprietário do apartamento onde as crianças estavam hospedadas. O apresentador AUGUSTO LIBERATO não aparece como réu do processo, não podendo assim se manifestar."

Desta forma, Gugu Liberato, não pode ser condenado pela morte de duas meninas, uma de seis anos e outra de 12 anos. Tudo começou há cerca de 11 anos, quando as meninas, de uma hora para outra, foram encontradas mortas enquanto tomavam banho.

A mãe das meninas, Conceição Gonçalves Ferreira, que mora na Itália, move processo onde Sfera Engenharia é um dos réus e que tenta culpabilizá-lo pela morte de suas filhas Keilua Ferreira Baisotti (6) e Kawai Ferreira Baisotti (12).

Em agosto de 2007, a mulher perdeu as duas filhas enquanto tomavam banho. Segundo uma perícia que foi feita, a causa da morte pode ter sido a inalação de gás que teria vindo do andar superior.

Gugu não pode ser condenado por crime grave

Gugu não é réu no processo. Em um laudo emitido por peritos da UERJ, a causa da morte pode ter sido por asfixia de gás. A perícia ainda foi mais longe e revelou que tudo aconteceu porque, em 2002, a cobertura do 12º andar teria feito uma reforma que alterou a estrutura da chaminé coletiva do prédio e, por isso, o gás não escoou.

A audiência do caso está marcada para o próximo dia 29. Cabe lembrar que as duas coberturas no prédio não eram mais propriedade de Gugu.

A mãe, em entrevista ao jornal Extra, ainda revelou que o processo criminal já tinha perdido o prazo e que o processo que tramita é apenas o civil, ou seja, que busca reparar os danos materiais sobre a morte das filhas

Segundo relato, as duas meninas estavam com a avó e o padrasto e após irem para a praia, elas foram tomar banho enquanto o padrasto iria pedir uma pizza e minutos depois foram encontradas mortas..

Morte no Brasil

Segundo ainda o relato da mãe, as meninas estavam no Brasil de férias. A mãe teve que voltar para a Itália para um trabalho e só soube da morte das filhas pelo telefone.

A mãe ainda disse que a assessoria de Gugu ainda buscou um acordo extrajudicial com a mulher, oferecendo cerca de R$ 200 mil, mas ela não aceitou.

Mais notícias sobre Famosos

Britto Jr detona gravidez e inteligência de Sabrina Sato: 'Não há neurônios' [VIDEO]

Sabrina Sato acaba com mistério, fala qual sexo de seu bebê e como irá se chamar [VIDEO]