O jornalista e ex apresentador do 'SBT Brasil' Hermano Henning, não teve seu contrato renovado pela emissora de Silvio [VIDEO] Santos, e foi dispensado juntamente com o humorista [VIDEO], cantor e compositor Moacyr Franco.

Hermano Henning trabalhou na emissora nos últimos vinte e três anos, e agora, a alguns meses de voltar a televisão pela Rede Brasil, o jornalista e apresentador entrou com uma ação contra o SBT na 2° Vara do Trabalho de Osasco.

O que o jornalista pede

O jornalista pede que seja reconhecido seu vínculo trabalhista com a emissora de Silvio Santos nos últimos 23 anos, também pede décimo terceiro salário, proporcional de férias, pede também o deposito do seu FGTS dos últimos 23 anos e além da multa de 40% por dispensa sem justa causa, Hermano quer uma indenização por danos morais.

O total da ação de Hermano Henning contra o SBT chega a quase 20 milhões de reais, segundo publicação. Mas de acordo com o advogado do apresentador ainda não há um valor definido, pois não houve uma sentença do juiz até o momento.

Não tinha vínculo empregatício

A emissora de Silvio Santos não se pronunciou sobre o caso até o momento, a única coisa que eles afirmaram é que, Hermano Henning não tinha vínculo empregatício, pois trabalhava como pessoa jurídica na emissora.

Hermano fala sobre novo trabalho na Rede Brasil

Hermano Henning disse que seu novo trabalho será um desafio enorme, pois apesar de a Rede Brasil ser plantada ainda não está consolidada no mercado. O jornalista ainda disse que o jornalismo na Rede Brasil não será como no SBT, onde não podia sair do roteiro, ele espera que possa ter mais a participação do público.

Hermano Henning finalizou dizendo que se fosse para ser igual a emissora de Silvio Santos, ele não teria aceitado a proposta de trabalho.

Quando questionado sobre a ação trabalhista que está movendo contra o SBT, Hermano Henning não quis falar nada e desconversou, ele apenas disse que prefere esquecer e de sua parte já se desligou totalmente da emissora.

Situação financeira do SBT não era boa na época das demissões

Em dezembro de 2017, o dono do SBT e apresentador Silvio Santos, disse que já havia perdido 400 milhões de reais com suas empresas, ainda destacou que não estava querendo fazer alarde e que isso era o que os contadores passavam para ele.

Silvio Santos ainda explicou que não queria mandar ninguém embora, mas teve de acabar desligando alguns funcionários antigos da sua emissora.