Na manhã deste domingo (06), o Corinthians entrou em campo para jogar contra o Ceará pelo Campeonato Brasileiro, mas a partida quase ficou em segunda plano, principalmente nas redes sociais onde os internautas só comentavam sobre o ex-BBB Kaysar Dadour, que foi [VIDEO]convidado de honra de Timão para participar de uma campanha importantíssima, que teve como principal objetivo o de tentar sensibilizar a todos sobre a crise humanitária na Síria, que continua sofrendo com os horrores da guerra.

Kaysar, refugiado da Síria, sofreu muito antes de chegar ao Brasil e por pouco não perdeu a vida. Ele chegou a ficar meses internados, após um grupo tentar matá-lo.

Ele passou fome, dormiu na rua, mas aqui teve a chance que tanto procurava, de trabalhar e recomeçar a vida.

O Corinthians teve uma atitude louvável ao realizar uma série de ações antes [VIDEO]do jogo, levando a todos a mensagem da crise humanitária na Síria, onde todo mundo precisa se envolver e tentar de alguma forma amenizar o sofrimento de milhões de inocentes, inclusive as crianças que acabam se tornando vítimas e muitas já perderam a vida. Quem sobrevive, tem que aprender a lidar com a dor de não ter uma família, não ter o que comer e nem onde morar.

A partida entre Corinthians e Ceará terminou empatado, mas no jogo contra a guerra, todos saíram ganhando, pois mostraram àquelas crianças que entraram em campo que jamais devem perder a esperança e que todo dia o sol nasce para todos e aqui no Brasil há muitas pessoas empenhadas em dar a elas uma vida digna.

Kaysar foi o intérprete das crianças sírias que ainda não falam o português e se divertiu muito com elas.

Além das 18 crianças sírias, ainda tinha 26 de outros países, todas em situação de refúgio e entraram em campo usando uma camiseta com a frase 'Time dos Povos', mostrando que o futebol tem uma função social importantíssima, principalmente quando se trata de times com tamanha visibilidade e o recado foi dado.

O Corinthians ainda colocou o nome dos jogadores nas camisas, em árabe e várias delas serão doadas para que possam ser leiloadas. Na faixa de capitão, a logo da ACNUR - Agência da ONU para Refugiados, sendo que milhares destas faixas foram distribuídas entre os torcedores que compareceram à Arena Corinthians. No painel do estádio, várias mensagens foram exibidas, pedindo paz de modo especial para as crianças vitimadas por guerras.

Esta belíssima comemoração foi uma parceria entre a Caritas Arquidiocesana de São Paulo, Lar Sírio, ACNUR, a ADVB e também com a Cury Construtora e Incorporadora.

Não foi a primeira vez que o Corinthians realizou uma campanha para os refugiados, mas certamente foi a que teve maior repercussão na mídia, por causa da presença de Kaysar, que ainda luta para tirar seus pais da guerra, mas hoje esqueceu sua dor para pensar nas crianças, tentando dar a elas um momento de alegria e principalmente, muita esperança.