O humorista Marcelo Eiji Harada, conhecido como "japonês do Pânico", foi detido nesta quinta-feira (17) sob a acusação de possuir armazenado conteúdo pornográfico infantil. Em vídeo, Marcelo negou a acusação.

A prisão do ex-Pânico foi confirmada [VIDEO] pela delegada Elizabete Sato, diretora do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa, o DHPP.

Juntamente com o humorista, foram presas cerca de 251 pessoas suspeitas de possuir material contendo pornografia infantil e pedofilia. Os suspeitos foram presos em fragrante em uma operação realizada no Distrito Federal e em outros 24 Estados.

Marcelo foi preso em sua própria casa, em São Paulo, que fica localizada no sul da cidade.

No local, a Polícia encontrou um HD externo contendo conteúdo de pornografia infantil. Segundo a delegada, não fazia ideia de que o suspeito era um humorista famoso.

Nas redes sociais, Marcelo fez um vídeo se defendendo do caso. No vídeo, o humorista diz que a reportagem é falsa e que ele não era capaz de fazer mal a ninguém. [VIDEO]

Mas segundo informações de Elizabete, Harada foi detido pela posse do conteúdo pornográfico. Conforme previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, possuir ou adquirir, seja por vídeo ou fotografia, qualquer arquivo que contenha cenas de sexo explícito envolvendo adolescentes ou crianças é crime.

A pena para o crime varia de reclusão em regime fechado de um a quatro anos, ou um pagamento de fiança para responder o processo em liberdade. Segundo informações, o humorista pagou a fiança no valor de mil reais e foi liberado logo em seguida.

Marcelo Eiji Harada ficou conhecido por fazer diversos personagens caricatos no programa do "Pânico na TV", da RedeTV! O seu personagem mais famoso foi o "japonês do Pânico". Harada também chegou a fazer sucesso no quadro que fazia parodia do programa Jô Soares conhecido como "Jô Suado". No quadro, o comediante fazia uma versão da colega do programa Sabrina Sato.

Apesar do sucesso no programa enquanto fazia parte da grade da RedeTV!, o contrato de Marcelo Harada não foi renovado quando o programa humorístico ganhou um novo formato na Band, em 2012. Na nova emissora, o ''Pânico na TV'' foi perdendo audiência e teve sua exibição encerrada no último ano. Hoje, alguns humoristas do ''Pânico na TV'' ainda continuam em programa de rádio da mesma linha.

Depois do Pânico, o humorista fez algumas participações no ''Programa do Ratinho'', do SBT.