Como toda boa trama de Walcyr Carrasco, O Outro Lado do Paraíso não podia deixar de mostrar o desespero da mocinha até o fim da novela. Com término previsto para dia 11 de maio, a novela mostrará Clara (Bianca Bin) sendo acusada de vários crimes durante a retomada do julgamento de Sophia Montserrat (Marieta Severo).

Tudo começará durante o seu depoimento em juízo. O advogado de Sophia, Maurício (Paulo Betti), fará as perguntas certas para conseguir uma espécie de confissão de Clara. A moça surpreenderá a todos ao dizer que chegou no bordel no dia em que Laerte foi assassinado, sendo a primeira pessoa a encontrá-lo morto com uma tesoura, mas confessa que fugiu do local do crime [VIDEO].

Ela também admite que não viu Sophia no local e não tem como provar que foi ela quem o matou.

Maurício então declara para todos que a vingança de Clara é algo conhecido publicamente na cidade, de forma que o presente julgamento teria sido arquitetado por ela como uma forma de se vingar da ex-nora por ter ficado com a guarda de seu filho na época em que foi internada em uma clínica de saúde mental. Também salienta que o desejo doentio de se vingar de todos prova que a fuga da clínica foi um erro e acusa a moça de ter comprado o laudo que atesta que ela não está maluca.

Patrick confirma que Clara pode voltar para o hospício

Raquel, que pensa em infringir a lei para defender os amigos, fica dividida e decide dar um recesso de um dia para pensar melhor sobre o caso. Com medo, Clara visita Patrick no hospital, que estará se recuperando de um tiro que levou de Renato no fim do sequestro de Tomaz.

Patrick confessará para a moça que Sophia pode sair do julgamento absolvida de todos os crimes por falta de provas, enquanto Clara pode sair de lá algemada [VIDEO] e levada de volta para o hospício, pois recairá sobre ela a acusação de ter cometido os crimes para se vingar da vilã, havendo muita gente para testemunhar contando que sabia de sua vingança.

Clara entrará em desespero dizendo que não vai suportar voltar para aquele lugar, mas pela primeira vez Patrick não saberá como ajudá-la, pois somente um milagre poderá evitar que Sophia vire o jogo e faça a ex-esposa de Gael pagar pelos crimes que jamais cometeu.

Abel, o promotor que acusa Sophia no caso tentará defender Clara, mas nem mesmo ele terá argumentos legais e provas que livrem Clara do pior e Sophia de um trunfo sobre a inimiga, sendo necessário apenas aguardar que algo aconteça para evitar essa tragédia.

A novela vai ao ar de segunda a sábado a partir das 21h20.