O ator Fábio Assunção, que atualmente tem destaque na minissérie 'Onde Nascem os Fortes' que vai ao ar às onze horas da noite, pela TV Globo, foi preso na manhã desta quinta-feira (3) e levado para depoimento.

Esta é a segunda vez que o famoso é preso em menos de um ano.

Confira os detalhes:

A prisão

Fábio Assunção foi preso esta manhã (3) após ter batido em dois carros no bairro dos Jardins, na cidade de São Paulo e se recusado a fazer o teste do bafômetro e assim foi autuado por embriaguez ao volante. Ninguém é obrigado a produzir provas contra si mesmo, portanto, ele não pôde ser obrigado no momento do flagrante a fazer o teste [VIDEO], mas aceitou ir até o IML (Instituto Médico Legal) para exames.

Ninguém ficou ferido no acidente e o global foi levado para o 78º Distrito Policial da cidade.

O advogado do ator, Theodoro Balducci, afirmou que ele não estava embriagado e nem alterado e que tudo não passou de um acidente comum, desses que ocorrem todos os dias em todos os lugares. Evidenciou que Fábio não se negou a passar por exames no IML.

A fiança

Uma fiança foi atribuída, no valor de R$ 30 mil, mas o rapaz se recusa a pagar por achar injusta a prisão, uma vez que acredita tratar-se de um acidente normal.

Em entrevista a vários meios de comunicação, ele disse que foi por vontade própria ao IML, irá provar que não estava alcoolizado e que tudo não passou de um acidente comum de trânsito.

O ator diz não fazer ideia do porquê estar sendo levado para delegacia, depois IML, uma vez que estava na farmácia e quando saiu, bateu em um carro, mas estava sóbrio.

A versão da PM

Segundo a Polícia Militar, o ator Fábio Assunção colidiu com dois veículos e foram acionados ao local. Lá chegando, notaram que o rapaz apresentava sinais de embriaguez e se recusou a fazer o teste do bafômetro para a comprovação de sobriedade, portanto esse é o procedimento normal para qualquer cidadão.

A soltura

O advogado do ator, em entrevista, disse que considera essa prisão ilegal, que Fábio fez todos os exames, nos quais passou em todos os testes, mas que ainda não receberam os resultados oficiais dos mesmos. De qualquer forma, ele disse que o rapaz será ouvido pela polícia e uma vez que saiam os resultados em favor do seu cliente, ele seja liberado.

Segunda vez preso

Esta é a segunda vez que o rapaz é preso em menos de um ano [VIDEO]. Ele já foi detido em Arcoverde, Pernambuco, em 2017 quando agrediu pessoas, desacatou os policiais e segundo reportado, quebrou vidros da viatura.

À época ele foi liberado após pagar fiança e lamentou o ocorrido, com um pedido de desculpas em seu Instagram.

Veja reportagem em vídeo do SBT