A confusão está formada até mesmo no mundo dos Famosos, por causa da grande crise dos combustíveis que acarreta em greve de caminhoneiros por todo o Brasil. Essa categoria de motoristas já está parada há 8 dias e gera desabastecimento de vários produtos no mercado brasileiro, e isso faz com que Raquel Sheherazade, uma defensora da direita política brasileira e crítica de políticas de esquerda, como as feitas pelo governo do PT, saísse publicamente contrária ao protesto dos caminhoneiros. [VIDEO]

Raquel detonou os caminhoneiros em um vídeo de Facebook, postado em seu perfil de rede social, e chegou a chamar os protestantes de ‘arrogantes’ por pararem o País.

O vídeo reverberou nas redes sociais e chegou a quase 200 mil compartilhamentos, curtidas e comentários. Dessa forma, outro famoso, também de direita e contrário à políticas da esquerda, Alexandre Frota, que também apoiou o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff do PT, assim como Sheherazade, saiu em defesa dos caminhoneiros. [VIDEO]

No vídeo, Raquel conta que é um absurdo uma categoria (dos caminhoneiros) pararem o Brasil por completo. De acordo com ela, há outras maneiras de protestar legitimamente, mas, da forma que está, segundo a jornalista, é algo errado de se fazer, assista.: [VIDEO]

Por outro lado, Alexandre Frota também fez um vídeo em que criticou com demasia as palavras da jornalista. Ele chegou a dizer que Raquel tem “boca suja” e precisa pensar mais que duas vezes antes de detonar uma greve que é para o benefício a longo prazo do povo brasileiro, assista.:

“Perdeu a oportunidade de ficar calada.

Qual seria o caminho a seguir? Aceitar tudo que o governo impõe e ficar caladinho? A única forma de conseguir alguma coisa é incomodando. Nem parece que você mora mesmo no Brasil, deve viver em outra realidade.”, disse uma seguidora de rede social, na postagem da jornalista.

“Parecia a Miriam Leitão falando no Bom Dia Brasil, caiu no meu conceito. Primeira paralisação em 20 anos que não vi bandeiras de partidos, primeiro protesto sem quebra de patrimônio público. Ato legítimo e que de fato começou a afetar o país, deve ser apoiado e não criticado com argumentos emocionais.”, diz outro seguidor de rede social.

“Raquel, admirava você. Depois dessa sua reflexão impensada, típico de quem não sabe o que é um caminhão, que acha que tudo o que vai comprar cresce ali mesmo, sem imaginar que fretes ruins e diesel e pedágio nas alturas são parte daquilo que corroem o que sobra para os caminhoneiros, além de noites mal dormidas, tente usar seu cérebro para não falar asneiras.”, comenta outra seguidora de rede social.