A tradicional Virada Cultural, que acontece no próximo final de semana, no Vale do Anhangabaú, em São Paulo [VIDEO], terá uma importante baixa. A apresentadora da Record TV Xuxa não poderá estar presente e teve sua participação cancelada. O motivo, no entanto, não tem relação com o recente falecimento de sua mãe e sim, por ordem médica.

De acordo com a Secretaria Municipal de Cultura, a artista não poderá se fazer presente por conta de um problema no pé, consequência de uma lesão sofrida em abril, durante os ensaios para o reality show Dancing Brasil, atração que ela apresenta na Record. Após se machucar, a própria apresentadora postou uma foto nas redes sociais.

“Pra quem se preocupa comigo e quer saber como está meu pé, ai vai”, escreveu junto com a imagem, que revelava o pé inchado. “Sei que vão dizer que meu pé é feio”, brincou.

O secretário municipal de Cultura, André Sturm disse que foi informado pela assessoria da artista que a lesão que ela sofreu ainda não melhorou. De acordo com o estafe de Xuxa, estava sendo aguardado que a lesão se curasse, a fim de se evitar partir para um processo cirúrgico, porém isso ainda não aconteceu e agora ela foi vetada para fazer apresentações. “O médico a proibiu de ficar de pé”, afirmou Sturm. Ainda de acordo com o secretário, Xuxa deverá estar recuperada em julho e se comprometeu que seu primeiro show após a volta será na capital paulista.

Mas quem irá para o lugar dela?

A organização da Virada Cultural, que está em sua 14º edição, já se mexeu e prontamente anunciou a atração que substituirá Xuxa.

O grupo Rouge, que voltou a se reunir recentemente, ocupará o horário que antes estava reservado para a apresentadora da Record. De acordo com André Strum, o grupo já havia anteriormente sido sondado para participar do evento.

Além do Rouge, a Virada Cultural terá outros nomes populares, como Caetano Veloso, as bandas Jota Quest e Nação Zumbi, Léo Jaime, Valeska Popozuda, além da rapper [VIDEO] Karol Conka. Ao todo serão 900 atrações em 105 locais e a expectativa é atrair algo em torno de 3 milhões de pessoas durante todo o final de semana.

A Chácara do Jockey, a Praça do Campo Limpo, o estacionamento do estádio do Corinthians e o Parque da Juventude serão alguns dos locais onde haverá atrações. Por outro lado, o Autódromo de Interlagos, o Parque do Carmo e o Sambódromo do Anhembi, por conta do baixo público registrado no ano passado, foram descartados e estão fora do circuito.