Quem estava acostumado a ver o Spider no octógono trocando golpes com grandes nomes do MMA, agora poderá assistir a Anderson Silva nos cinemas combatendo a criminalidade [VIDEO]. O lutador de 43 anos será estrela no novo filme "Extreme Force Operations".

"Põe a arma no chão! Agora!", grita Silva, que postou a cena do filme em sua conta no Instagram. As imagens mostram um pouco da nova etapa da vida do lutador, que desde fevereiro de 2017 não subiu mais no octógono para disputar uma luta oficial.

Dezenas de fãs demonstraram apoio e ansiedade para assistir a Anderson Silva nos cinemas de todo o mundo. "Deus abençoe essa nova etapa da sua vida com muito sucesso e conquistas.

Ansioso para assistir esse filme", declararam seguidores.

O filme dirigido pelo chinês Fruit Chan está na fase final de filmagens e não tem data para ser exibido. Enquanto rolam as filmagens, o lutador aproveita para postar foto com amigos de trabalho e escreve nas redes sociais o que está sentindo sobre a nova experiência como ator.

"Bom dia meu povo! Sonhe com quilo que você quiser! Seja o que você quiser, você possui a força dentro de você para realizar maravilhas em sua vida. Aquilo que você deseja deve partir da sua força de vontade, trabalhar duro, fazer cada segundo da sua vida valer. Não se coloque em posição de vítima", escreveu Silva.

Para quem não quer esperar o término das filmagens para ver Anderson Silva nos cinemas, o lutador vai estrelar outro filme que será exibido e agosto.

"The Invincible Dragon", do mesmo diretor chinês Fruit Chan, um filme de ação no qual Silva aparece em muitas cenas de Kung Fu e Muay Thai.

Volta ao octógono

Anderson Silva não luta desde que venceu Derek Brunson com decisão polêmica dos juízes em fevereiro de 2017. Desde então, o lutador está suspenso de forma preventiva por ser pego em exame antidoping [VIDEO] quando enfrentaria o norte-americano Kelvin Gastelum.

O lutador também não aparenta ansiedade para voltar a lutar. Por meio das redes sociais, Silva demonstra felicidade e disposição para investir na carreira de ator. Em uma postagem feita em abril, ele demonstra estar vivendo um sonho de vida ao contracenar em frente às câmeras.

"Olha só, se você tem um sonho, Insista, persista, mas nunca desista porque uma verdade é que se você não persistir, ninguém vai fazer isso por você", escreveu Silva.

Ex-campeão dos pesos médios até 84kg do UFC, ele também sofria pressão da família, sobretudo, dos filhos para que não lutasse mais.

O julgamento sobre o uso de doping deve determinar o futuro de Anderson Silva no octógono. Ele que já tem idade avançada para disputar as lutas, pode ser suspenso por dois anos pelo uso de testosterona sintética (Metiltestosterona).

A substância tem efeito similar aos anabolizantes que aumenta o potencial do atleta. A diferença é que a testosterona sintética oferece menos riscos de efeitos colaterais.

Essa é a quarta vez que o lutador é flagrado usando substância proibida.