Neste fim de semana o pré-candidato ao governo do Estado de São Paulo, João Doria, apareceu em um vídeo ao lado da funkeira Anitta, anunciando a mesma como atração do Carnaval 2019 e no aniversário da capital em janeiro.

Segundo as pesquisas de diferentes institutos, Doria deve vencer o pleito no primeiro turno, repetindo o marco de Geraldo Alckmin em 2014. O empresário deixou a prefeitura da cidade de São Paulo nas mãos de seu vice, Bruno Covas, para disputar o governo, enquanto Geraldo Alckmin foi escolhido pelo PSDB para disputar à presidência da República.

No vídeo, divulgado pelo perfil oficial de João Doria, Anitta comemora a parceria e diz que o evento será demais.

Na internet muitos internautas não gostaram da aproximação da funkeira com o pré-candidato, acusando-a de fazer campanha para ele.

Vale lembrar que apesar de ter muito político viajando pelo Brasil com verba parlamentar para divulgar campanha desde o ano passado, a mesma só está autorizada pelo TSE a partir de agosto de 2018. Outro ponto a se ressaltar é que Anitta é do Rio de Janeiro e João Doria de São Paulo, logo, um suposto futuro apoio direto seria inviável por conta do colégio eleitoral de cada um.

Veja ao vídeo:

Anitta condenada em processo milionário

Na última semana Anitta [VIDEO] foi condenada judicialmente a pagar quase R$3 milhões por quebra de contrato. Anitta teria rompido o contrato com os ex-empresários, pois suspeitava que os mesmos estariam desviando o seu dinheiro. Ela ajuizou uma ação judicial, mas os advogados da parte ré apresentaram provas e argumentos que viraram o jogo, e a funkeira foi condenada a pagar milhões de reais pela quebra de contrato.

Caso não deposite o dinheiro em juízo, independente de recurso, ela terá bens bloqueados para execução judicial. A decisão cabe recurso, mas os valores precisam ser depositados dentro do prazo, podendo estes serem estornados no caso de uma nova decisão favorável.

Em 2014 Anitta já havia sido condenada a pagar R$5 milhões para a ex-empresária, mas conseguiu esticar a disputa judicial até 2018 através de recursos, entretanto, mais uma vez foi condenada. Há outros processos com as mesmas partes aguardando julgamento.

Anitta está envolvida em outras disputas judiciais e polêmicas [VIDEO], como um processo da MC Bruninha que acusa Anitta de ter plagiado a sua música. No ano passado um perito comprovou que a melodia era plagiada, mas ainda não houve uma decisão judicial após a apresentação do laudo.