No dia 20 de maio foi registrado um incidente com o jato que transportava o DJ Alok [VIDEO], considerado uma das maiores Celebridades da música eletrônica no mundo. Segundo informações, a aeronave acabou derrapando e saiu da pista em um aeroporto de Minas Gerais, quando se preparava para decolar. Em seu perfil pelas redes sociais, o artista publicou mensagens avisando que estava tudo bem com ele e com os demais passageiros.

De acordo com as equipes de resgate, no momento do incidente havia nove passageiros presentes no avião e, por sorte, ninguém saiu machucado. Na noite desta quarta-feira (30), o artista foi o convidado especial do Programa do Porchat, da TV Record, que é apresentado por Fábio Porchat.

Na ocasião, Alok contou da experiência que viveu no dia do acidente.

O avião que transportava o músico e sua equipe estava prestes a decolar do aeroporto de Juiz de Fora (MG), com destino à cidade de Belém (PA), a aeronave não conseguiu decolar e acabou saindo da pista. O DJ disse que a derrapagem deixou os passageiros em pânico.

Alok também explicou não saber os motivos de seu avião não ter decolado e afirmou que quando a aeronave voltou para o solo, ele acreditou que o jato iria retomar a decolagem, entretanto o piloto acabou freando após passar do limite da decolagem. ''Dizem que depois que você passa do V1, que é o limite, você não pode mais brecar, porque o avião não para, explicou o DJ.

O artista também disse que sua equipe escapou da morte [VIDEO], levando em consideração que se o jato andasse um metro e meio adiante, o avião cairia em uma ribanceira.

Estima-se que a aeronave não foi mais adiante porque estava com o tanque cheio e por esse motivo ela atolou no final da pista.

Alok também explicou que quando o avião começou a derrapar na pista, em um ato inusitado ele soltou o sinto do seu assento e começou a se desesperar pensando que iria morrer. Ele também disse que os demais passageiros ficavam olhando aquilo e o músico falava para os demais.

Minutos depois do susto todos desceram do avião, sem se dar por conta da gravidade do acidente, pois segundo Alok ninguém sabia que no aeroporto de Juiz de Fora existe uma ribanceira no final da pista. Ele também contou que nunca acreditou em milagres até presenciar um. Dias antes, em entrevista para o jornal 'Estadão', o DJ também afirmou ter presenciado um milagre em sua vida. Por conta disso, ele acredita estar no caminho certo, ou que está fazendo as coisas corretas. E afirmou estar muito grato por mais uma chance.