O médico e especialista em cirurgia plástica, Marcos Harter, que participou do Big Brother Brasil 2017, deu sua opinião sobre as postagens de Emilly Araújo, campeã na mesma edição do reality show da Globo. De acordo com o profissional da área da saúde, a jovem gaúcha, irmã de Mayla, faz postagens de baixa qualidade e ainda é muito nova para aprender determinadas situações da vida.

O cirurgião plástico, que namorou a gêmea enquanto estavam no programa da Globo, fez críticas pesadas contra a gaúcha e também revelou que participaria de outro reality show, mas somente se o cachê for bastante atrativo para ele. Ainda com relação à sua ex-namorada, o médico explicou que Emilly Araújo, com relação às suas postagens em rede social, publica muita coisa ‘sem noção’, muito pelo fato de sua pouca idade, segundo o especialista. [VIDEO]

“Ela é novinha.

Ganhou um reality e foi merecido. Foi voto do povo, não há o que contestar”, explicou o médico. As publicações de rede social da gêmea, muitas vezes, são consideradas de baixa qualidade e geralmente ela critica alguém, sem citar nomes. Marcos ainda disse que Emilly pode amadurecer, com o passar do tempo e, também, ele contou que não pode falar muita coisa sobre ela, já que os dois tiveram contato somente enquanto participaram do reality show da Globo, confinados [VIDEO] na casa mais vigiada do Brasil.

As postagens de Emilly nas redes sociais

A gaúcha faz muitas postagens diariamente em suas redes sociais. Ultimamente ela vem postando marcas de produtos e tentado arrecadar uma ‘grana’ para se manter. Há boatos de que a gêmea já gastou boa parte do prêmio do Big Brother Brasil 2017, de mais de um milhão e meio de reais e, somado a isso, há a questão também de que ela não conseguiu uma vaga em algum programa ou novela da Rede Globo de Televisão, Emilly não conseguiu a tal sonhada renovação de contrato ou uma vaga como atriz – a gêmea sonhava em ser atriz na emissora.

“Eu tenho a experiência dela apenas do reality. Foi só aquilo lá”, explicou Marcos Harter, sobre a sua ex-namorada. Ao contrário de Emilly, Vivian Amorim, que foi a vice-campeã da edição de 2017 do BBB, conseguiu um contrato com a direção do reality show e trabalhou apresentando os personagens do programa. Para muita gente, a manauara conseguiu conquistar boa parte do público e apresentar o programa com maestria, ou seja, há a possibilidade de ela continuar, no ano de 2019, na apresentação do Big Brother Brasil.