Diversos comentários empolgados e compartilhamentos demonstram a satisfação do público ao ver a foto desse encontro.

No Twitter, a imagem que registrou o encontro entre Gleici, MC Loma e as Gêmeas Lacração recebeu legendas como: ''a nova amizade do pop'', ''melhor crossover de 2018'' e ''encontro de fadas é fadação''.

Uma internauta escreveu: ''sonho com esse encontro desde quando Gleici dançava 'Envolvimento', sem nem saber quem era que cantava no BBB18''.

O encontro entre a vencedora da décima oitava edição do Big Brother Brasil e a MC e as duas primas dançarinas aconteceu durante a Parada do Orgulho LGBT, realizada no último domingo (03), em São Paulo.

Publicidade

Em seu Twitter, Gleici Damasceno postou não somente essa, mas diversas outras fotografias da Parada, cujas legendas exaltavam a importância da representatividade. Em uma das imagens, ela escreve o quanto considera importante ver seu tom de pele em destaque, em papéis que não sejam meramente de figuração.

O look de Gleici também apareceu em alguns portais de notícias especializados em moda e estilo de vida. Usando um colete cheio de apliques e um vestido branco, - um look mais ''rocker'', segundo o portal PurePeople - a vencedora do BBB18 podia até estar discreta em meio a tantos looks coloridos e cheios de brilho, como os de Preta Gil, Pabllo Vittar e até mesmo da própria MC Loma e das Gêmeas Lacração, mas com certeza estava bastante elegante.

A ex-BBB18 Ana Clara também esteve presente na Parada LGBTI+ desse domingo, vestindo uma irreverente fantasia de arco-íris: uma hot pant multicolorida, um cropped de pelos brancos, meias e pochete combinando em um tom candy de verde e um acessório em formato de arco-íris.

''Vem para a Parada!!'', escreveu ela, em seu Twitter.

Em seus Stories do Instagram, Ana Clara se declarou feliz e animada com o evento, dizendo que o mesmo tinha toda uma causa.

O encontro entre Ana Clara e Anitta durante a Parada também deu o que falar; a ex-BBB esteve no trio elétrico da cantora.

Publicidade

Além disso, um vídeo mostra as duas rindo juntas no quarto, no qual teriam passado um bom tempo conversando antes do show.

A Parada do Orgulho LGBT contou também com os show de Gaby Amaranthos e Johnny Hooker, além de, é claro, Pabllo Vittar.

O look escolhido por Pabllo Vittar era polêmico, porém eficaz em sua mensagem. A cantora surgiu usando um conjunto, do estilista Victor Miranda, no qual podiam-se ler manchetes de notícias ligadas à violência contra os homossexuais. Escrita em vermelho, como simulasse sangue, lia-se a frase ''parem de nos matar''.

Durante sua apresentação, Pabllo retirou o conjunto e exibiu o corpo, vestido em um body bem cavado nas cores do arco-íris.