Os funcionários da TV Globo que estão em Moscou, [VIDEO]capital da Rússia, fazendo a cobertura da Copa 2018, tiveram uma surpresa inesperada, de acordo com o portal de notícias online, 'TV Foco'. A força de segurança daquele país inspecionou o estúdio da emissora de Roberto Marinho que está localizado na Praça Vermelha, principal ponto turístico de Moscou.

Polícia faz varredura nos estúdios da Globo na sede da Copa 2018

Segundo as informações colhidas pelo portal, a polícia fez uma varredura nos estúdios da Rede Globo [VIDEO] de Televisão e das demais emissoras que estão alocadas naquele local. A segurança é a principal preocupação dos russos.

O motivo das incursões da polícia nos estúdios das emissoras que fazem a cobertura da Copa do Mundo de Futebol 2018 é garantir a segurança do presidente Vladimir Putin. Renata Vasconcellos, apresentadora do Jornal Nacional que está na capital russa, relatou o ocorrido na edição do telejornal desta quinta-feira (28). Segundo ela, a revista ocorreu porque a Praça Vermelha é um local onde Putin passa sempre.

Toda a ação dos agentes não passou de uma vistoria de rotina para assegurar a integridade do presidente russo. Vale ressaltar que entre os souvenires da Copa 2018, é possível encontrar vários objetos com a imagem de Putin, que é tratado como um pop estar por lá. Podemos destacar copos, blusas, canecas, matrioskas, etc.

Putin o todo poderoso

Certo é que Vladimir Putin é um dos homens mais poderosos e ricos do mundo moderno.

De acordo com Bill Browder, o presidente russo tem uma fortuna avaliada em aproximadamente US$ 200 bilhões (cerca de R$ 625 bilhões). Ou seja, o russo teria o dobro da fortuna de Bill Gates, fundador da Microsoft e o detentor oficial do posto, segundo a revista "Forbes". O investidor fez a afirmação em depoimento ao Comitê de Justiça do Senado dos EUA.

O que pouca gente sabe é que Putin, com esse ar de 007 russo, realmente tem um treinamento rígido. Isso porque ele é um ex-agente da polícia secreta comunista da era soviética, a KGB. O homem, além de rico e poderoso, também é bem treinado.

Existe uma investigação do Comitê de Justiça do Senado dos EUA que busca provas sobre uma possível influência estrangeira na eleição presidencial de 2016, com a vitória de Donald Trump sobre Hillary Clinton. Neste caso, a suspeita é que Putin interferiu no resultado do pleito eleitoral dos Estado Unidos da América. Boatos e rumores a parte, Putin segue firme no poder e está longe de deixar a carreira política.