A jornalista Alinne Prado fez história na TV brasileira ao ser a primeira e única negra a ocupar o cargo de apresentadora do programa "Vídeo Show" [VIDEO], que cobra os bastidores da Rede Globo e é exibido diariamente, de segunda a sexta-feira.

Nesta quinta-feira (19), a atriz desabafou sobre a sua demissão da Globo por meio de uma postagem no Instagram [VIDEO]. A imagem utilizada é de uma reposta que ela deu a uma internauta, que criticava a atual versão do "Vídeo Show".

"As meninas são uma gracinha, nada contra o novo. O inexperiente se torna experiente, experimentando e experenciando. Mas está faltando maturidade, sim.

Gente que conhece a máquina. Além de diversidade. Cadê? 2018 e segue na TV o Brasil sem ver. Cadê Alinne Prado?", comentou a internauta Patricia Ramos.

O novo "Vídeo Show" estreou na segunda-feira e tem um quarteto formado por Ana Clara, Vivian Amorim, Fernanda Keulla e Sophia Abrãao. As três primeiras são ex-participantes do reality "Big Brother Brasil" e a última é atriz.

Alinne respondeu à seguidora. "Apesar de ser a primeira negra a sentar na bancada do programa, fui demitida sob justificativa de que, apesar de gostarem muito do meu trabalho, precisavam de alguém mais 'neutro' (sic) do que eu", explicou. A jornalista disse ainda que não havia exposto isso publicamente, mas que "dói demais". "São as chibatadas contemporâneas", afirmou.

Tudo isso está no print postado por Alinne. Na descrição da postagem, ele também escreveu um textão e afirmou que não tem nada contra as meninas que apresentam o "Vídeo Show" e que é fã delas.

Em seguida, ela diz que, citando todos os negros, que só aparecem na TV se for em situação de subserviência e sofrimento. "E sempre como cota", desabafou a jornalista.

A ex-apresentador recebeu o apoio de seus seguidores. “Preto passa por isso e às vezes não percebe que é o mais puro racismo. Mas como podemos ver aqui nos comentários, muita gentinha ainda acha que isso tudo é desculpa de fracassado”, comentou uma seguidora negra.

Em toda a história, só três negras passaram pelo “Vídeo Show”. Antes de Alinne Prado, que foi a única apresentadora, Pathy Dejesus, entre 2013 e 2015, e Zezeh Barbosa, entre 2000 e 2001, foram repórteres do programa.

Vídeo Show

O novo “Vídeo Show” estreou na segunda-feira, com o quarteto de apresentadoras, mas o resultado não tem agradado ao público. Na segunda, registrou 8,4 pontos de média de audiência na Grande São Paulo, de acordo com dados do Ibope divulgados pelo site Notícias da TV.

Na terça-feira, o programa amargou apenas 8,2 pontos, registrando apenas cinco pontos em determinado momento.

Na quarta, ficou com 8,6. A baixa audiência já acendeu luz vermelha na Globo.

Em nota enviada para a Blasting News, a Globo afirma que:

A trajetória de Alinne Prado na Globo por si só mostra que essa acusação não procede. Durante 6 anos, Alinne Prado passou por 4 programas na Globo. E em todos pode atuar em diferentes funções, como repórter ou apresentadora. Alinne entrou em 2011 na Globonews, onde ficou até 2012, quando foi transferida para o Entretenimento da Globo para ser umas das repórteres do programa ‘Encontro Com Fátima Bernardes’. Em 2015, Alinne teve a oportunidade de integrar o time do ‘Vídeo Show’ fazendo reportagens e apresentando o programa, onde permaneceu até 2017. Com os ajustes no Vídeo Show, Alinne ainda foi escalada para trabalhar na equipe de reportagem do ‘Mais Você’, no ano passado, por dois meses. Após essa passagem pelo programa, seu contrato chegou ao fim e não foi renovado, numa dinâmica comum a qualquer outro profissional ou empresa.