Em 18 de julho de 2018, Cléo Pires [VIDEO] lançou no youtube o clipe oficial da Música “Bandida”. Com mais de 500 mil visualizações em apenas dois dias e dentro da lista dos vídeos “Em Alta” no canal, a performance de CLEO tem surpreendido os fãs. CLEO, sem o sobrenome Pires e em letras maiúsculas, é o nome artístico usado pela atriz como cantora desde março de 2018.

Em 2017, no canal do Leo Picon, em bate-papo, Cleo já tinha anunciado que abandonaria o sobrenome Pires. Cléo Pires é filha mais velha do cantor e ator Fábio Júnior com a atriz Glória Pires, e tem como 'meio-irmão' o cantor Felipe Galvão, conhecido como Fiuk.

Gravado na fábrica de cerveja da Itaipava, CLEO encarna uma funcionária que, durante expediente, interrompe o trabalho, tira o uniforme e começa a cantar o single de uma mulher que manda recado para quem se “se acha o tal”.

Com uma coreografia ousada e sensual, e em companhia de duas dançarinas, CLEO demonstra versatilidade e domínio de cena, com direito a um ‘banho de chopp’ no final. O clipe já gerou vários “Reacts” no youtube, um tipo de vídeo em que as pessoas reagem a um vídeo da plataforma.

“Bandida” faz parte do primeiro EP da cantora, composto por outras quatro canções: ‘Cloud’, ‘Faz O Que Tem Que Fazer’, ‘Impulses’ e ‘Jungle Kid’.

Esse é o segundo clipe, o primeiro foi ‘Jungle Kid’.

Elogios a CLEO

Desde que anunciou jingle para os seus fãs em seu Instagram, CLEO vem recebendo muitos elogios.

Entre eles, Wanessa Camargo que aprovou o clipe e recomendou a todos, disse a cantora nas redes sociais: "Eu amei!".

CLEO recebeu adjetivos como “Diva”, “Maravilhosa”, “linda” e sua música foi tratada como “Hino” por muitos. Na mídia, a música e a performance foi associada ao empoderamento feminino e tratada como ‘revolucionária’.

Segundo assessoria da cantora, o objetivo é mostrar que as atitudes não devem ser julgadas de forma diferente por causa do gênero da pessoa.

A Revista Marie Claire disse que Cleo, no vídeo, apresenta a história de 'uma mulher independente e cheia de poder feminino'. Cleo disse à Revista que "mulher bandida" é aquela 'dona de si', que não se deixa "reprimir pela sociedade machista". A cantora destacou que sua música fez uma apropriação positiva do termo bandida, e não deve ser vista como expressão contra as mulheres.

Críticas

Mas, nem todos aprovaram a performance da cantora, disse um fã: “Desculpa mas n gostei não você pode até me julgar mas é minha opinião não tá legal não”. No programa "Balanço Geral" da Rede Record do dia 20 de julho houve uma crítica de que o novo clipe de Cleo 'não faz sucesso", abaixo:

Diante de críticas e elogios, CLEO continua “causando”.

Cléo Pires vai estrear final de julho a novela das 19h ‘O Tempo Não Para’.