Um Vídeo publicado pelo famoso youtuber Everson Henrique de Oliveira, de 26 anos, tem aberto uma discussão bem recorrente nos tempos atuais sobre a cultura do estupro. No vídeo, o vlogueiro, ao lado de alguns amigos, fala como fez sexo com a ex-namorada sem o consentimento da mesma. Durante o relato, os amigos que participam do vídeo riem durante a narração do ocorrido. Após perceber a polêmica que o vídeo provocou, Everson Zoio, como é conhecido entre os fãs, parece ter removido a publicação do seu canal, que conta com quase 10 milhões de inscritos.

Após a repercussão, o nome do youtuber foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter, com muitas pessoas criticando a ação do youtuber, chamando-o de estrupador.

Caso isso realmente tenha acontecido, Everson poderá responder criminalmente pelo crime de estupro, já que o Código Penal condena qualquer tipo de ação que contrarie a liberdade sexual, sendo o infrator penalizado com reclusões que vão de 6 a 10 anos.

O vídeo foi ao ar em março de 2017, mas parece que passou despercebido na época. No entanto, por meio de uma postagem da rede Reddit o vídeo acabou ganhando novos olhares. Ao lado de alguns amigos, Everson relata que ele e sua ex-namorada dormiam em uma cama de solteiro. De acordo com ele, ela já havia afirmado que não queria fazer sexo com ele, pois estava cansada. No entanto, Everson parece não ter se importado com o que ela falou, já que ele relata que esperou ela dormir para depois executar o ato libidinoso sem seu consentimento.

O vídeo é intitulado "O dia em que fui dormir com minha ex-namorada em uma fazenda".

Após ganhar uma repercussão negativa, o vídeo foi removido do seu canal, mas muitos downloads já tinham sido feitos.

Apesar do que relatam alguns portais de notícias, Everson Zoio ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto. Alguns sites afirmam que o youtuber já afirmou que fui tudo uma "brincadeirinha", mas nada foi confirmado ainda.

O portal de notícias do Estadão entrou em contato com o YouTube Brasil, mas a plataforma afirmou que "não comenta casos específicos", além de não ter respondido se o vídeo foi removido pelo próprio youtuber ou pela plataforma.

Youtuber tem participação em evento cancelada após repercussão de vídeo

O vídeo repercutiu de maneira rápida e, em nota, a Curitiba Social Mix, um evento que apresenta palestras e workshops com criadores de conteúdos e personagens das redes sociais cancelou a participação do youtuber no evento. "O Curitiba Social Mix repudia veementemente qualquer forma de violência às mulheres", informou em uma nota no Twitter.

Leia também

Youtuber Felipe Neto avisa que irá processar quem vazou um vídeo íntimo seu na internet [VIDEO]

Sophia Abrahão dá indireta para Ana Clara no Vídeo Show sobre traição no BBB18 [VIDEO]