Algumas horas depois de ter um vídeo íntimo vazado nas redes sociais, Felipe Neto resolveu se posicionar abertamente sobre o assunto em seu canal no Youtube.

Felipe revela como foi descobrir que estava nos assuntos mais comentados da web em decorrência de imagens nas quais aparecia se masturbando; ''a primeira coisa que faço (quando acordo) é conferir as notícias e conversar com pessoas próximas'', explica o youtuber.

''Chegou uma mensagem dizendo 'Felipe, vazou um vídeo seu se tocando"; Felipe Neto conta que, no começo, pensou que a mensagem fazia parte de alguma brincadeira. Ao entrar em seu Twitter, porém, o youtuber descobriu que seu nome estava de fato entre os tópicos mais comentados da rede social.

Além do vídeo, ele conta que havia também uma foto íntima dele (popularmente conhecida como ''nude''), que segundo ele seria de uns três anos atrás, circulando na internet.

Ele confessa que demorou a crer no que estava acontecendo e que chegou a se sentir bastante confuso, sem saber como reagir: ''Foi bastante tenso'', desabafou.

Após o choque inicial, Felipe Neto conta que convocou sua equipe jurídica e assessoria de imprensa para ajudá-lo a encontrar a melhor forma de lidar com a situação. Ao relatar o caso à sua equipe, o youtuber narra que todos imediatamente falaram em acionar a polícia e em processar os responsáveis pelo vazamento e compartilhamento das imagens. Apesar disso, Neto ainda não sabia como deveria tratar do caso com seu público [VIDEO], majoritariamente infantil e adolescente.

''Veio uma sugestão de ignorar, de só falar que eu ia tomar as medidas cabíveis, mas aí eu pensei: faço piada de tudo, não vou fazer piada com isso?'', brinca ele, que optou por exibir em seu canal uma série de piadas geradas a partir do vazamento de seu vídeo íntimo.

A gravação recebeu a tag (+13) justamente por conter piadas com insinuações sexuais. O próprio Felipe fez diversas piadas com o caso; uma delas envolvendo seus cabelos coloridos, que já viraram moda entre crianças e adolescentes:

Ao final do desabafo, e apesar de ter optado por lidar com o ocorrido do seu jeito de sempre - ou seja, fazendo piadas - o youtuber adota um tom mais sério ao dizer que irá processar quem divulgou as imagens. [VIDEO]

''Você não pode compartilhar um nude achando que não está cometendo um crime'', explica. Para ele, quem faz isso deve ter ciência de que isso é ''extremamente errado e problemático''.

O influenciador digital explica que os danos que poderiam ser causados com tal atitude não seriam somente à sua imagem; Felipe Neto preocupa-se com o fato de que seu público infantil possa ser atingido por estes conteúdos e com que os pais destes seguidores irão pensar, talvez levando o caso para ''o lado errado'' e esquecendo-se de que ele foi a vítima nessa situação.

A assessoria de Felipe também realizou um comunicado oficial informando que o youtuber já tinha ciência do vazamento que ''expunha sua intimidade de forma indevida'' e que tomaria as medidas judiciais necessárias para que os responsáveis respondessem pela divulgação e distribuição do conteúdo.

Felipe Neto já está no Youtube há sete anos. O vídeo do desabafo do influenciador a respeito do vazamento pode ser visto em seu canal (Felipe Neto) na plataforma.