A Record TV colocou no ar [VIDEO] na última terça-feira (24), a nova novela bíblica, chamada “Jesus”. O aguardado folhetim recebeu diversos elogios e chegou a bater a Rede Globo em pelo menos uma capital brasileira. Um dos fatos curiosos dessa nova produção da emissora de Edir Macedo é que um dos atores queria, no passado, demolir o Cristo Redentor.

Conhecido tanto pelas suas atuações em filmes do cinema nacional, onde é considerado um mostro sagrado, quanto pelo seu comportamento nada ortodoxo e a língua afiada, Paulo Cesar Pereio é o intérprete de Simeão, que na bíblia é responsável por abençoar Maria e José, porém, há pouco mais de uma década, ele não era muito simpático ao mais famoso cartão postal do Brasil.

A bronca [VIDEO] com o Cristo Redentor, e sua ideia de demoli-lo, começou justamente quando um dos pontos turísticos mais visitados do país entrou para a lista para ser uma das novas “sete maravilhas do mundo”. A votação, feita de maneira popular, tinha como objetivo eleger pontos turísticos fascinantes.

Na ocasião, Pereio era garoto-propaganda do Borba Gato, uma estátua que fica na avenida Santo Amaro, em São Paulo. Não que ele fosse grande fã da figura do bandeirante, mas sim a defendia por enxergar nela os mesmos problemas da Cristo Redentor e da cultura brasileira como um todo.

“Não é obra de escultura (O Cristo), é obra de um engenheiro italiano, disse o ator em entrevista à jornalista Mônica Bergamo. “E eu não falo só do Cristo Redentor. O mau gosto é homogêneo neste país”, completou o ator que direcionou suas críticas até mesmo ao então ministro da cultura Gilberto Gil, a qual ele afirmou pagar 11 milhões para patrocinar um espetáculo do Cirque du Soleil mas não libera verba para eles fazerem um espetáculo de teatro.

Audiência

A estreia da nova novela da Record atraiu a atenção de grande público, em especial o de Goiânia, que deu a emissora paulista a liderança de audiência no horário e fez com que pela primeira fez uma estreia de uma novela da emissora de Edir Macedo superasse as Globo em audiência em uma capital. A trama bíblica teve média de 18,6 pontos, contra 17,7 pontos da emissora carioca.

Já em São Paulo, a atração ficou apenas em terceiro lugar, com 12,7 pontos, ficando atrás do SBT (14,7 pontos) e da Globo, que nadou de braçada com 30,9.

Nas redes sociais, a novela ficou entre os assuntos mais comentados. Usando a hashtag “NovelaJesus”, os internautas falavam sobre o sofrimento de Jesus e a reação à gravidez de Maria.