Uma petição online com mais de 100 mil assinaturas tem mexido com a internet nos últimos dias. O objetivo é bem claro, ela pede que a Netflix [VIDEO], produtora de filmes e séries por streaming, cancele a estreia de sua nova série, "Insatiable".

Após o lançamento do primeiro trailer da nova série, em 12 de julho, várias críticas surgiram na web devido aos possíveis casos de humilhação entre os personagens do seriado por causa do peso.

A história conta sobre a vida de uma adolescente, interpretada pela atriz Debby Ryan, que sofre com o bullying [VIDEO] de colegas na escola onde estuda devido ao seu peso. Alvo de várias piadas, a jovem resolve se vingar de quem a humilhava, depois de emagrecer.

A protagonista da série, Debby Ryan, teve que usar enchimentos para poder gravar cenas do período que antecedeu à perda de peso de Patty, sua personagem, durante as férias escolares. No trailer divulgado pela Netflix, após ser agredida por um soco que quebra o seu queixo, a personagem afirma que aquilo a fez perder as férias de verão, justificando o enchimento utilizado.

Segundo Florence, autora da petição na internet, o tom da série, que traz narrativas voltadas para várias ações machistas, é marcada pelo incentivo à cultura da magreza, onde as mulheres precisam seguir padrões impostos pela sociedade para ter amigos e ser desejadas pelos olhares masculinos.

A autora afirma que a série causará distúrbios alimentares nas mulheres e cristalizará a objetificação do corpo das mesmas. Segundo Florence, ainda há tempo de impedir a grande insegurança que a série gerará na cabeça de adolescentes e jovens pelo mundo, que associarão a perda de peso à felicidade.

A petição solicita que a Netflix cancele o lançamento da série, marcada para o dia 10 de agosto. Nas redes sociais, a atriz que interpreta a personagem principal afirmou que está profundamente preocupada com a forma como os corpos das mulheres são "policiados e humilhados na sociedade", e defendeu que "Insatiable" pode trazer à tona discussões mais frutíferas sobre o problema.

Segundo Debby Ryan, a abordagem da série sobre os questionamentos que uma garota passa, em um mundo onde o seu corpo é constantemente alvo de julgamentos, seja com críticas ou elogios, é o que a atraiu para o papel. Ela ainda afirmou que espera que os fãs assistam à série antes de julgá-la.

Apesar de algumas pessoas defenderem o uso da produção como uma forma de discutir problemas como o bullying e a pressão pela magreza, Insatiable, vem enfrentando várias críticas nas redes sociais, como as de Jameela Jamil, famosa ativista pela quebra de padrões estéticos.