A novela "Segundo Sol", trama escrita por João Emanuel Carneiro e exibida pela Rede Globo de Televisão, logo após o "Jornal Nacional", promete grandes emoções para seus telespectadores nos próximos capítulos. Isto porque para salvar Luzia (Giovanna Antonelli) da prisão, Beto Falcão (Emílio Dantas) acabará contratando uma advogada.

A profissional juntamente com Beto conseguirá um novo julgamento para a ex-marisqueira. Essa atitude nobre do músico terá uma consequência bastante drástica [VIDEO], pois Beto terá que revelar a sua verdadeira identidade para todos, durante esse novo julgamento. A revelação resultará em uma prisão de Beto Falcão pelo crime de falsa identidade.

Beto decide contar a verdade em novo julgamento de Luzia em Segundo Sol

Para tentar ajudar Luzia a não ter mais que viver sob uma falsa identidade e sob o risco de ser presa, Beto contratará uma advogada. Os dois conseguirão que a ex-marisqueira passe por um novo julgamento pela morte de seu ex-marido. A profissional avisará, de imediato, que Luzia só terá uma nova chance de não ser condenada, se Beto assumir a sua verdadeira identidade, e acabar com toda a farsa vivida por 18 anos, na frente de todos no tribunal.

O personagem de Emílio Dantas concordará com as condições impostas, e, por isso, será arrolado pela advogada como uma testemunha de defesa de Luzia

Durante o julgamento, Beto sentará no banco das testemunhas e será indagado pelo promotor de justiça [VIDEO]. O promotor questionará se o músico era o namorado de Luzia.

Beto responderá que sim, que Luzia o conhecia como Miguel, mas que na verdade ele se chama Roberto, que seu verdadeiro nome é Roberto Falcão, popularmente conhecido como o cantor Beto Falcão. A revelação do músico deixará todos os presentes chocados. Ainda durante seu testemunho, o músico dirá que a morte do ex-marido da personagem de Giovanna Antonelli não passou de um acidente.

Beto acaba sendo preso após revelar sua verdadeira identidade em Segundo Sol

Logo após a revelação, Beto Falcão acabará sendo preso por ordem do juiz que está presidindo o julgamento. O juiz dirá que diante de todas as declarações dadas, para que o depoente tenha segurança, e para que o julgamento de Luzia Batista consiga prosseguir, ordenará a prisão de Beto. Ele ainda pedirá que o músico seja detido e conduzido para uma delegacia, a que tiver mais proximidade do local. O juiz dirá que a prisão é pelo crime de falsa identidade e que responderá posteriormente em virtude da lei.

Beto será imediatamente algemado e retirado do tribunal do júri, por dois policiais.