Nesta quinta-feira, dia 16, o mundo se despede de Aretha Franklin, que morreu aos 76 anos. Uma das maiores cantoras de todos os tempos estava internada em estado grave e amigos próximos à família contaram que ela estava bastante debilitada, pesando cerca de 40 quilos. A última vez que a cantora se apresentou ao vivo foi em Nova York, em 2017, desde então ela praticamente não foi [VIDEO]vista mais pelo público.

Foram mais de 60 anos de carreiras, diversos prêmios, 18 Grammy e milhões de fãs pelo mundo todo. Ela nasceu em Memphis, Estados Unidos, em 1942 e em seus primeiros anos de vida morou em diversas cidades. Seu pai era pregador da Igreja Batista, mas se instalou em Detroit, nessa época ela tinha 10 anos e começou a cantar no coral, chamando a atenção de todos pela sua belíssima voz.

Contando com o apoio do pai, em 1956 ela resolveu tentar carreira como cantora e conseguiu gravar seu primeiro álbum, que foi gospel, aos 14 anos. Muitas gravadoras ficaram encantadas pela voz daquela jovem e as propostas foram logo surgindo. Aos poucos ela foi deixando de lado o estilo gospel para abordar vários outros temas em suas canções.

Uma carreira de sucesso

No início da década de 60, Aretha Franklin assinou contrato com a Columbia Records e contou com grande produção nos trabalhos seguintes. Apesar de ter a voz tão elogiada, a gravadora acabou não renovando contrato com ela, alegando que as vendas de seus discos ficaram abaixo do esperado.

Mas em 1967 ela foi contratada pela Atlantic Records e lançou grandes sucessos, entre eles a canção 'I Never Loved a Man the Way I Love You', que ficou entre as mais tocadas, chegando a 9ª posição da Bilboard Hot 100.

A partir daí, foram vários sucessos musicais seguidos e ela se tornou conhecida no mundo inteiro.

As músicas de Aretha Franklin tocavam em todas as rádios, festas, shows, eventos, sua voz se tornou inconfundível.

Ela recebeu 44 indicações ao Grammy e faturou 16 prêmios, recebendo várias [VIDEO]homenagens, inclusive em 1979 teve seu nome registrado na Calçada da FAma, em Hollywood e foi a primeira mulher a constar no Hall da Fama do Rock.

Aretha Franklin deixou 4 filhos, tendo casado duas vezes. Ela tinha problemas com a bebida, cigarro e chegou a parar de fumar porque os médicos disseram que isso estava prejudicando sua voz. Desde 2010 correm rumores de que ela enfrentava um câncer no pâncreas, ela teve que cancelar diversas apresentações. Em 2017, em uma de suas raras aparições, pediu aos fãs que orassem por ela.