O cantor Deivison Kellrs, de 30 anos, morreu na tarde neste domingo (19), no Recife. A informação da morte do artista foi confirmada pela assessoria de comunicação do grupo de brega. Deivison lutava contra um câncer no fígado [VIDEO] que o afligia havia um ano.

Em sua página oficial no Facebook, a Banda Torpedo divulgou uma nota de sepultamento [VIDEO]. O velório do corpo do cantor acontecerá na Câmara dos Vereadores, nesta segunda-feira (20), a partir da 1h até às 12h.

Das 12h às 14h, o velório será restrito aos familiares do cantor. Logo depois, o corpo segue em cortejo fúnebre até o Cemitério de Santo Amaro, localizado na alameda das Irmandades.

O sepultamento está marcado para as 15h.

Doença

Deivison era bastante conhecido, em especial no nordeste, por conta de seu trabalho como vocalista da Banda Torpedo. No auge do sucesso e da juventude, o cantor foi diagnosticado com câncer no fígado, em julho do ano passado.

Desde então, o artista teve que diminuir a agenda de shows que fazia ao lado de Francyne Roper, Luiza Ketilyn e Júnior Dieckman, os outros integrantes da banda. Enquanto os colegas tocavam a agenda e realizavam os shows, Deivison se tratava.

O artista passou sessões de quimioterapia e também tomava medicamentos devido à doença. No começo desse ano, o cantor reapareceu em um programa de TV e rapidamente se espalhou pela internet as imagens comparativas com o período antes da doença.

Deivison estava bem mais magro do que antes e com a pele mais enrugada.

Os fãs ficaram chocados com a mudança física. Em julho, passou a circular na internet os rumores de que ele havia morrido. Como muita gente estava acreditando, o cantor usou suas redes sociais para desmentir.

Internação

Deivison estava internado desde o último dia 10. De acordo com as informações divulgadas pelo empresário da Banda Torpedo, o artista havia sido internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital localizado no bairro Derby, área central do Recife.

Ele respirava com a ajuda de aparelhos, mas seus fãs mantinham a esperança de que ele poderia reagir a doença. Um dia antes de ser internado, Deivison participaria de um show organizado em prol de seu tratamento. O cantor deu entrada no hospital com fortes dores e precisou tomar morfina.

O evento beneficente Todos com Deivison Kellrs reuniu diversos artistas, como Michelle Melo, Sedutora, Danilo Bolado, Band Infiel, Anderson Roger, Clebinho, Roginho, MC Japão, MC Tocha, Dadá Boladão, Swing do Amor, MC Elvis e a própria banda Torpedo.