Mara Maravilha, desde que participou de 'A Fazenda', não saiu mais da boca do povo. A artista viveu momentos de tensão dentro do reality show da RecordTV e protagonizou diversas polêmicas no jogo. Desde então, o nome de Mara é um dos mais comentados quando o assunto é 'polemizar'. A artista ganhou espaço no programa de Silvio Santos, aos domingos, e logo foi convidada para dividir o comando do vespertino 'Fofocalizando', com Leão Lobo, Lívia Andrade [VIDEO] e outros apresentadores. Em seu novo programa, Mara protagonizou novas polêmicas e agora, fora do ar, a artista se vê envolvida em um processo movido por seu ex-empresário, que a acusa de tê-lo golpeado pelas costas.

O processo movido contra Mara Maravilha

Leandro Bernal, que se diz ex-empresário de Mara Maravilha, deu uma entrevista ao site 'Jovem Pam' e falou sobre sua relação com a apresentadora. O empresário contou que antes de 'A Fazenda', a artista estaria no vermelho, "quebrada", segundo ele e a ajudou pagando as despesas da casa, como por exemplo: água, luz, telefone e ainda chegou a fazer compras alimentícias para a apresentadora.

A partir de então, Leandro Bernal começou a investir em Mara Maravilha, que teria apresentado o desejo de voltar à televisão. O empresário então dez contatos com os organizadores do reality show da RecordTV e conseguiu colocar Mara no programa. Com o contrato firmado com a emissora, Bernal pediu que Mara não se envolvesse com bebidas e brigas, porém nenhum dos pedidos feitos à artista foi atendido e Mara acabou eliminada do programa com um grande índice de rejeição: “Perdi 2 milhões de reais aquele dia”, relembrou Leandro.

Quebra de contrato

Fora do reality show, Leandro teria combinado com Mara de dar um "descanso" para a imagem, porém como afirmou na entrevista, isso também acabou não acontecendo. Ainda de acordo com Bernal, a artista teria fechado o contrato com o SBT sem seu conhecimento, o que quebraria uma de suas regras contratuais de que qualquer contratação deveria ser feita conjuntamente por agenciador e agenciada.

Leandro que diz conhecer Mara Maravilha há mais de 30 anos contou que havia perdido o contato desde então e que depois de quase 3 anos, a apresentadora tentou aproximação por meio de pontes de amizades e por encontros na igreja em que frequentam, mas não entende por que demorou tanto tempo. Bernal pede na Justiça uma quantia que passa de 400 mil reais por quebra de contrato e danos morais.

Mara Maravilha não falou sobre o assunto, já o SBT prestou uma nota dizendo que não foram informados de que a artista teria um empresário.