O último ‘Conversa com Bial’, programa da Rede Globo, contou com a participação de Nanda Costa [VIDEO] e Lan Lanh em um papo super descontraído com o apresentador. Na ocasião, as duas falaram sobre o relacionamento, e a atriz, em particular, revelou como se deu conta de que sentia atração por mulheres. De maneira inusitada, Nanda, que na época namorava com um rapaz, revelou para Bial a partir de quando começou a enxergar as mulheres de outra maneira, se descobriu homossexual.

Nanda Costa fala sobre a homoafetividade

O programa do Bial foi ao ar na madrugada da última sexta-feira (03), e como convidadas estavam Nanda Costa e Lan Lanh.

O casal entrou no palco sob fortes aplausos e demonstração de carinho. Logo no ínício as duas apresentaram uma canção que fizeram em parceria, e logo em seguida partiram para o bate papo com o apresentador.

Em clima de total romance, as namoradas deram uma entrevista super descontraída e conduzida com maestria por Pedro Bial. O apresentador passeou por várias fases da vida da atriz, inclusive pelo momento em que Nanda descobriu sentir desejo por mulheres.

Nanda Costa contou à Bial que, na época, ainda morando em Paraty, namorava com um rapaz e a atração por mulheres começou depois de um bloco de carnaval. Em tom descontraído, atriz disse ao apresentador que em sua cidade natal acontece o ‘bloco das piranhas’, ocasião essa em que os homens se vestem de mulher e as mulheres de homem, e que, de maneira inusitada, começou a enxergar a feminilidade com outros olhos.

A atriz revelou que ajuda o namorado a se maquiar, colocar cílios, peruca, baton e se transformar em uma mulher e que a partir daí começou a olhá-lo de outro modo, na verdade, olhar a beleza feminina de outra maneira. Durante o bloco, Nanda contou que as vezes parava e elogiava a beleza do namorado vestido de mulher. Desde então, a atriz começou a sentir desejo pelo mesmo sexo, olhando com outros olhos as mulheres.

Os personagens ajudaram Nanda a se assumir

Em dado momento da entrevista para Pedro Bial, Nanda Costa falou sobre a carreira e como suas personagens contribuiram para que ela abrisse sua sexualida ao público.

A atriz contou que sempre teve o desejo de dividir com o público seu relacionamento com Lan Lanh mesmo tendo um certo medo pelo país ser ainda muito preconceituoso e que suas últimas atuações que deram força para ser que era de verdade. Nanda se referiu à Sandra Helena, Luzia e Sandra, três últimas personagens totalmente opostas, cada uma com seu jeito de ser.

A partir de papéis tão distintos, Nanda [VIDEO] se deu conta que poderia viver qualquer personagem independente de sua homoafetividade.

A atriz chegou a dizer que temia parecer masculina, mas deu conta de fazer desde o mais fútil ao mais forte papel nas novelas.

A entrevista seguiu e ao lado de Lan Lanh. Nanda Costa contou como tudo começou entre as duas e os planos para o futuro do casal, sendo acompanhadas, apoiadas e aplaudidas pelas mães e avó que participaram da platéia do programa, além de um grupo de mães que apoiam a causa LGBT e lutam para que seus filhos sejam respeitados e tenham os mesmo direitos de qualquer outro casal.