Considerada por milhões de brasileiros como uma das vozes mais marcantes da música sertaneja, Roberta Miranda, de 61 anos de idade, está entre uma das celebridades que mais mantém contato com os fãs por meio das redes sociais, dividindo seu dia a dia com os seguidores e internautas que a acompanham na web [VIDEO].

Adepta das mídias sociais, a cantora, sempre que pode, compartilha detalhes de sua vida privada e profissional com o público, utilizando seu perfil [VIDEO]oficial no Instagram. Aderindo a campanhas e utilizando o meio de comunicação para interagir e enviar mensagens aos seus simpatizantes, Roberta Miranda também utiliza a internet a fim de conscientizar e alertar o público no que diz respeito à Saúde.

Sertaneja utiliza rede social para alavancar campanha a favor da mamografia

Usando e abusando das redes sociais para compartilhar fotos, muita vezes, "ousadas", no início da tarde desta quinta-feira (02), a cantora sertaneja, Roberta Miranda, utilizou a web a fim de levar informação e conscientização às mulheres que a acompanham na internet.

Tirando sua blusa e seu sutiã, Roberta se fotografou com os seios à mostra, ressaltando a importância da mamografia, principal exame para a constatação de nódulos que podem se transformar em câncer de mama. Compartilhando a imagem onde aparece parcialmente nua sem nenhuma reserva, Roberta legendou a imagem: "Mais uma vez cedendo a imagem para indicar que a prevenção é muito importante para qualquer classe social."

Seguida por 1,8 milhão de internautas no Instagram, a publicação de Roberta já conta com quase 50 mil curtidas e diversos comentários, destacando a atitude da sertaneja.

Câncer de mama é tema de simpósio no Recife

A Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica do Nordeste (SBOC-NE) realizará nesta próxima sexta-feira (03) e sábado (04), o 1° Simpósio de Câncer de Mama da região. O primeiro dia do simpósio acontecerá das das 08h às 18h e será realizado no auditório do Hospital Santa Joana. Já no sábado, o simpósio será realizado no mesmo horário, porém no salão do JCPM Trade Center.

O câncer de mama é uma das doenças graves que mais acomete mulheres no mundo e no Brasil. Segundo dados informados pelo INCA (Instituto Nacional do Câncer), a perspectiva é que no país, no ano de 2018, cerca de 59,7 mil novos casos da doença sejam diagnosticados. A doença também pode acometer homens, representando apenas 1% do total de casos da doença.