A novela "Segundo Sol" escrita por João Emanuel Carneiro emplacou mesmo [VIDEO]. O folhetim está indo a todo vapor por conta dos vilões que a cada dia estão mostrando mais as suas maldades. O filho de Zefa (Cláudia Di Moura), Roberval interpretado por Fabrício Boliveira, já vem se revelando que voltou depois de vários anos longe da família para se vingar. No decorrer dos próximos episódios da trama, o empresário vai participar de um leilão, e com a grana que tem, será o único a ter condições de oferecer mais dinheiro pelo antigo casarão onde Acácio (Danilo Silveira) ex-namorado de Manuela (Luisa Arraes), vive com os amigos como uma grande família.

Está previsto para o capítulo que vai ao ar por volta do dia 24 de agosto [VIDEO], onde será mostrado um grupo de pessoas que tentará dar o maior lance no casarão. Quando o leilão começar e for anunciado pelo pregoeiro, que chamará atenção dos interessados que estão no local, dizendo: "Vamos dar início ao leilão de número sete dessa tarde, o casarão abandonado, localizado no número 469 no bairro do Santo Antônio, uma área que só valoriza aqui em Salvador”.

Porém, para surpresa dos que estavam ali, alguém que mora no casarão resolverá se manifestar gritando: “O casarão não tá abandonado! Ele é nosso, a gente mora lá!”. Nesse momento é dado o início aos lances, e chega um ponto que ninguém oferecerá mais que Roberval que prontamente oferece R$ 250 mil prédio em "ruínas".

Mais ninguém tem cacife para oferecer um valor maior que o filho de Zefa, que se sente poderoso e comemora. O cara de pau do Roberval nem esperou e foi logo oferecer dinheiro para Acácio que lidera os moradores do local. O rapaz se sentirá indignado e começa uma discussão com Roberval. Acácio não deixou por menos e foi logo avisando: “Você e seu capanga podem se picar daqui”, ordena Acácio.

Roberval, então, tenta explicar que não quer prejudicar ninguém, só quer que eles saiam do casarão que agora pertence a ele, e saiam em paz. Acácio pergunta sobre os outros ocupantes do prédio e Roberval responde: “Ei! Eu não quero prejudicar ninguém! Vim aqui oferecer um dinheiro pra vocês saírem daqui de boa, na paz”, explica o suposto traficante de pedras preciosas, como já tem sido especulado nas mídias.

Roberval perde a paciência dizendo que não tem obrigação de tentar ajudá-los. Acácio não quer saber de conversa, e diz para Roberval que ninguém quer o dinheiro dele. O ex-namorado de Manuela explica que já estão ali há muitos anos e já tem até o pedido de "usucapião".

O ex-de Cacau (Fabiula Nascimento) afronta o rapaz acusando a todos de invadiram ilegalmente aquele local. Acácio rebate bravamente, defendendo a posição dele e dos amigos que moram no casarão, e o rapaz explica que não invadiram nada, que apenas ocuparam o casaram que estava jogado às "traças" abandonado. Enfatizou ao novo proprietário que arrematou o casarão no leilão, que ao chegarem ali, deram vida ao lugar, limparam e cuidaram e agora é o lar de todos ali, que ninguém vai sair de maneira alguma do prédio.

Foi então que Roberval começou a dizer que o lugar está todo deteriorado, com gambiarras elétricas, madeiras podres e tudo mais. Aborrecido e com sangue nos olhos pelo poder, o irmão de Edgar, interpretado por Caco Ciocler, deixa no ar uma possível ameaça de que o casarão poderia pegar fogo a qualquer momento, matando todo mudo.

Acácio pergunta a Roberval se ele estaria ameaçando de tocar fogo na casa deles. O empresário não confirmou nada, deixando no ar que não vai ceder e que o pior pode acontecer. Os moradores expulsaram Roberval do local que prometeu despejar todos do casarão.

Na verdade, Roberval só pensa em ganhar mais dinheiro e quer usar o terreno onde fica o casarão para construção de um enorme shopping. Após não ter obedecido as ordens do empresário que ficou muito bravo, ele decide, então, colocar o prédio "no chão". A ordem é que derrube o casarão mesmo se ainda estiver ocupado pelos moradores.