Esse ano, a política no Brasil tem sido uma verdadeira polêmica com seus respectivos candidatos. A cada dia que se passa, um novo caso se espalha pela web demonstrando apoio ou crítica aos candidatos em destaque, em especial, Jair Bolsonaro (PSL).

Após tomar à frente das pesquisas eleitorais, Bolsonaro passou a ser vítima de inúmeras “perseguições” as quais não foram apenas por parte de seus adversários, mas também por parte de artistas renomados que aderiram à campanha #EleNão, voltada em desfavor do candidato.

Publicidade

Anitta adere campanha #EleNão e diz não ser a favor de Bolsonaro

A cantora Anitta usou suas redes sociais nesta semana para expressar sua opinião sobre a campanha contra Jair Bolsonaro, na qual gravou dois vídeos. No primeiro ela disse que não iria se meter no assunto e que não queria o seu nome envolvido em “Fake News”, uma vez que alguns internautas passaram a divulgar que a mesma estava com Bolsonaro.

Após alguns dias, ela gravou o segundo vídeo e dessa vez revelou de fato que não era a favor do presidenciável e que naquele momento estaria aderindo a campanha #EleNão, contra o candidato.

O vídeo acabou pegando muitos fãs de surpresa, uma vez que todos acreditam que a mesma mudou de opinião apenas para agradar o seu grande público LGBT.

O perfil da cantora passou a ser alvo de milhares de comentários em seu desfavor, onde mulheres que apoiam o presidencial Jair Bolsonaro, afirmam que Anitta “atirou no próprio pé” ao se manifestar contra o mesmo.

Além das fãs, a atriz e apresentadora Antônia Fontenelle também usou seu perfil social para expressar o quanto ficou indignada com o ato da cantora na gravação do vídeo. Curta e grossa, Fontenelle deixou o seu recado para Anitta.

Publicidade

Fontenelle detona Anitta após gravação de vídeo

A apresentadora esnobou o vídeo de Anitta e pediu que a mesma não cedesse às pressões de algumas pessoas para que ela viesse a público para declarar-se contra o deputado federal Jair Bolsonaro.

"[Estou] com a pipoca em mãos para assistir ao resultado desses desafios. Lembrando sempre: a merd* que o nosso país se encontra vai além de desafios bobos", disse a apresentadora no início do seu texto contra Anitta.

"Estou lendo o seu livro, [Anitta,] bem antes de você.

Estou chocada. Mas eu te entendo, você só tem 25 anos. Portanto, vai um conselho de uma mulher de 44: jamais ceda a pressões”, concluiu.

Em sua postagem, Fontenelle se mostra bastante aliviada ao afirmar que Famosos não tem o poder de decidir eleições.

A polêmica campanha #EleNão contra Bolsonaro

A cantora Daniela Mercury gravou um vídeo neste domingo, onde fez uma convocação que as mulheres fizessem parte do ato que será realizado no próximo dia 29 de setembro, contra Jair Bolsonaro. Daniela convocou Anitta que então decidiu gravar o vídeo afirmando não apoiar o deputado nessas eleições.

Publicidade

Antônia Fontenelle e seu grande apoio ao deputado Jair Bolsonaro

Fontenelle já declarou que seu voto será em Bolsonaro no dia 7 de outubro. Em sua declaração, ela diz não estar fazendo campanha para o político, porém, torce para que o mesmo seja eleito o próximo presidente do Brasil.

“Sou mulher, sustento os meus filhos, ajudo na criação da minha neta, não gosto de vitimíssimo. Não sou uma mulher de mimimi", declarou.