Na manhã desta segunda-feira (10), aconteceu a cerimônia de velório do funkeiro Mr. Catra e a situação acabou ficando um pouco tensa por conta da atitude de alguns fãs. O velório foi realizado em Guarulhos, na Grande São Paulo e amigos e familiares davam o último adeus ao músico. De repente, algumas pessoas começaram a tirar foto dele no caixão e isso causou revolta nos familiares do funkeiro, que viram uma falta de respeito com a dor deles.

A equipe de Catra então decidiu agir e pediu para que as pessoas desconhecidas fossem embora do local. Houve um pequeno tumulto, já que houve resistência e bate-boca.

Uma jornalista, que prefere não se identificar, contou que a família de Catra também teria a ameaçado. Entretanto, aos poucos a situação foi voltando ao normal e as homenagens ao artista continuaram.

Mr. Catra deixou 32 filhos e três esposas.

A sua vida particular foi motivo de muita polêmica diante da quantidade de herdeiros. Mas os filhos afirmam que ele sempre levou tudo com muito bom humor e fez de tudo para estar junto com cada um deles enquanto pôde. Alguns dos filhos prestaram homenagens ao pai através das redes sociais, deixando mensagens e falando da saudade que sentiam.

Levado ao Rio

O corpo do cantor seguiu por volta das 14h para o Rio de Janeiro, onde será velado no Teatro João Caetano.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos

Está previsto que o enterro aconteça às 10h desta terça-feira (11).

Wagner Domingues Costa, o eterno Mr. Catra, morreu com 49 anos de idade vítima de um câncer no estômago. Na época em que surgiu a doença, 2017, ele decidiu reduzir o número de cigarros e parou de beber para que fossem feitas as sessões de quimioterapia.

Seu principal sucesso foi a música "Uh Papai Chegou".Ele também fez várias paródias de algumas de suas músicas alegrando os seus fãs.

Famosos lamentam a morte dele

Querido por muitas pessoas, Mr. Catra também era reverenciado pelos outros artistas. A funkeira Valeska Popozuda se emocionou com a notícia de sua morte e chorou muito. Através de seu Instagram ele escreveu: "Pensa em um cara incrível".

Tati Quebra-Barraco também lamentou a morte dele fazendo uma homenagem através do Twitter.

Mc Fioti disse que Catra fez muito pelo funk e estará sempre vivo no coração das pessoas.

Segundo sua postagem, ele ressaltou que o funkeiro será sempre lembrado por todos com muito carinho.

Nego do Borel enviou uma mensagem de apoio aos familiares e afirmou que Catra foi um professor no mundo do funk.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo