O apresentador Geraldo Luís, da RecordTV, foi pego de surpresa após tomar conhecimento de que o motorista Ismael Oliveira Silva, 47 anos, registrou uma queixa contra sua pessoa na Polícia Civil de São Paulo. O motorista afirma que foi humilhado durante o seu trabalho. Em depoimento à polícia, Ismael diz que foi ofendido muitas vezes pelo apresentador e que o comportamento “desequilibrado” é algo recorrente.

Disse que, em certa ocasião, chegou a ter uma “crise nervosa acompanhada de choro”.

O próprio Ismael fez o B.O pela internet. Ele terá até seis meses para levar a queixa-crime ao 8º Distrito Policial, localizado na zona leste de São Paulo. Fazendo isso, o processo gerara um inquérito policial contra o apresentador, que poderá ser enquadrado no crime de assédio moral.

Ainda em seu boletim de ocorrência, Ismael afirma que teria ido buscar o apresentador usando um carro da RecordTV após uma gravação realizada na Mooca, no último dia 23 de agosto.

Quando Geraldo percebeu que Ismael era o seu condutor, negou-se a entrar no veículo.

Ainda segundo o motorista, o apresentador bateu a porta do veículo em ato violento e passou a gritar, usando palavras baixas.

O motorista diz não ser o único a sofrer com esse comportamento do apresentador, que já teria feito outras vítimas. Testemunhas e colegas de Ismael Oliveira afirmam que o modo como Geraldo tem agido vem desde os tempos em que ele apresentava o programa Balanço Geral, dez anos atrás. Geraldo passou a agir de forma inadequada com o motorista após ser repreendido por causa de um desvio em uma viagem, apontado por Ismael.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Televisão

Record se manifesta após caso envolvendo Geraldo Luís

A emissora afirmou que o motorista Ismael prestou queixa interna contra o apresentador Geraldo Luís e que uma apuração foi feita para investigar o caso. Ainda segundo a emissora, não houve nenhuma testemunha que pudesse confirmar o relato do motorista sobre ter sido ofendido por Geraldo.

Testemunhas apenas afirmaram que o apresentador teria de fato negado entrar no veículo conduzido pelo motorista.

Ainda segundo eles, houve um desentendimento, porém, nada com agressões verbais ou algo do tipo. A emissora finalizou o caso e deu como resolvido, uma vez que Geraldo se comprometeu em respeitar o motorista ou qualquer outros funcionários da casa.

O apresentador foi procurado por alguns portais, como o Notícias na TV, porém, ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo