Jair Bolsonaro [VIDEO], candidato à presidência da República, foi vítima de um ataque durante uma visita a Juiz de Fora, Minas Gerais, para o cumprimento de sua agenda política. Na ocasião, o deputado foi esfaqueado em meio ao tumulto causado na cidade diante de sua presença. Segundo o filho de Bolsonaro, informou em seu Twitter, o atentado não teria tido gravidade, mas após ser atendido pela equipe médica do Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora (MG), o candidato precisou passar por uma cirurgia devido a faca ter perfurado o seu fígado.

O atentado a Bolsonaro

Uma enorme confusão se formou com a presença de Jair Bolsonaro em Juiz de Fora.

O candidato do PSL-RJ que teria ido a Minas Gerais para um almoço de negócios e uma visita ao hospital filantrópico da Associação Feminina de Prevenção e Combate ao Câncer (ASCOMCER) acabou sendo vítima de uma ataque em meio à multidão.

Vídeos que circularam na internet mostraram o exato momento em que Bolsonaro foi atingido e saiu em meio à multidão, carregado por um grupo de pessoas. A notícia tomou enorme repercussão na imprensa e o filho do deputado, Flávio Bolsonaro, em suas redes sociais, deu as primeiras informações sobre o estado de saúde do pai e explicou: 'Graças a Deus, foi apenas superficial e ele pesa bem. Peço que intensifiquem as orações por nós!'.

Porém novas informações atualizaram o estado de saúde de Jair Bolsonaro e, segundo o site 'G1', o presidenciável precisou passar por uma cirurgia após ter o fígado perfurado pela faca usada pelo autor do crime.

O estado de saúde do deputado

Após ter o abdômen perfurado por em meio ao tumulto causado em Juiz de Fora, Jair Bolsonaro precisou passar por um procedimento chamado laparotomia exploratória. Segundo entrevista rápida do porta-voz do hospital, as lesões podem ser no fígado e na alça intestinal, e o que a princípio parecia ser um ferimento sem gravidade pode trazer riscos a Bolsonaro, caso os dois ferimentos se confirmem na cirurgia, uma vez que as lesões podem causar um sangramento interno. Jair segue hospitalizado e, até o momento, sem previsão para alta.

Após tomar ciência do real estado de saúde do pai, Flávio voltou a postar nas redes sociais e atualizou a situação de Jair Bolsonaro após ser esfaqueado:

O homem que teria esfaqueado Jair Bolsonaro [VIDEO] já foi identificado e detido, segundo a Polícia Federal de Minas Gerais. A PF não divulgou a identidade do agressor, mas segundo a Polícia Civil mineira, trata-se de Adélio Bispo de Oliveira, 40 anos.