Dado Dolabella sempre foi uma figura polêmica e já chegou a ser preso, acusado de não pagar a pensão alimentícia do filho. Mais uma vez o ator voltou à mira da Justiça e está sendo condenado por injúria à ex-mulher, Viviane Sarahyba, tendo como pena dois meses e 15 dias em regime aberto, podendo circular durante o dia mas com obrigação de retornar à noite.

Entenda o caso

O denúncia feita pela ex-mulher de Dado aconteceu em 2010, conforme mostra o processo divulgado pelo site Extra.

Publicidade
Publicidade

Viviane acusa o ator de tê-la xingado após entregar o filho que passou o dia todo com o pai. Ainda de acordo com o processo, Dolabella teria chegado à casa da ex e após deixar o filho queria levar alguns instrumentos que foram negado pela mulher. Sarahyba descreveu à Justiça que o ator teria tido um inconformismo injustificado e começou a agredi-la com xingamentos.

Dias após o primeiro desentendimento, Dado teria retornado à casa da ex, para mais uma vez deixar o filho e acabou adentrando no imóvel sem a presença dela.

Publicidade

Viviane chegou momentos depois e encontrou com o ator em sua residência. Segundo a própria relatou no processo, mais uma vez Dolabella teria voltado a xingá-la e ainda escreveu, com uma chave, palavrões na porta de seu carro.

Somente nesta sexta-feira (14), a Justiça decretou a prisão de Dado Dolabella, em regime aberto.

Preso por não pagar pensão

Entre fevereiro e abril deste ano, Dado Dolabella passou detido por não pagar a pensão alimentícia do filho.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Famosos Polícia

Na época, após ser condenado o ator informou judicialmente que não teria condições de arcar com os valores e passou três meses atrás das grades. O valor cobrado pela Justiça era de 196 mil reais.

Em entrevistas concedidas na época da prisão, Dado falou sobre os momentos de tensão vividos ao ser detido: “Foi um choque tão grande, fui abordado como criminoso, com arma na minha cara”, revelou o ator, indignado. Dolabella ainda criticou as condições em que esteve preso, alegando que ficou em uma cela com mais de 10 homens e que só entravam para comer e dormir: "Todo mudo podia esticar as ‘tripas’, que é o colchão.

Não sei por que chamam assim, eu acho que é porque cheira tripa, cadáver”, contou.

Dado Dollabela também já foi condenado na Lei Maria da Penha, após agredir a ex-namorada Luana Piovanni. Na época, o ator se mostrou bastante arrependido e relatou ter aprendido com o episódio: "Foi um erro" relatou o artistas nos veículos de comunicação.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo