Surge mais um capítulo na polêmica que tem sido gerada em torno do envolvimento de pessoas comuns e de artistas em movimentos anti-Bolsonaro.

Anteriormente, um grupo de mulheres se reuniu em um grupo no Facebook chamado de 'Mulheres unidas contra Bolsonaro' e chegou a atingir mais de 1 milhão de participantes.

Mas, dessa vez, foi criada uma campanha contra o candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL), onde internautas fazem postagens contra o presidenciável e utilizam a hashtag #EleNão.

Alguns artistas famosos têm impulsionado essa campanha e gerado debates entre os fãs nas redes sociais.

Publicidade

A artista da vez é Marília Mendonça.

A cantora fez um vídeo e divulgou em seu perfil na rede social ‘Instagram’ em que se mostrava contra o candidato Jair Messias Bolsonaro que concorre a presidente da República Federativa do Brasil. Na postagem publicada no ‘Instagram’, a cantora aderiu ao movimento #EleNão, que visa manifestar um posicionamento contra o presidenciável nestas Eleições de 2018.

Ameaças e retirada da postagem

A cantora decidiu retirar o vídeo que havia sido postado no domingo (23), por causa da polêmica que foi gerada entre os fãs e de ameaças que ela e a família teriam recebido.

A artista diz que tanto ela quanto a mãe chegaram a ser ameaçadas por pessoas descontentes com a publicação e que por causa disso decidiu retirar o vídeo para que não viesse a sofrer possíveis danos decorrentes dessas ameaças.

Fãs divididos

Tanto o vídeo quanto a retirada do vídeo deixou os fãs divididos em relação ao envolvimento da cantora na campanha anti-Bolsonaro. Tanto os fãs que se posicionavam contra Jair Bolsonaro quanto os fãs que se posicionam a favor do candidato a presidente manifestaram suas opiniões comentando nas postagens da artista que, depois de apagar o vídeo, postou uma foto na tarde de segunda-feira (24) onde estava com a família, no caso, sua mãe e seu irmão, pedindo paz.

Publicidade

Palavras da cantora

Marília Mendonça afirmou que logo após o vídeo que ela tinha feito com a hashtag #EleNão, a mãe dela e o restante da família, que nem compartilham da mesma opinião a respeito do político, sofreram ataques virtuais de pessoas revoltadas com o posicionamento político que ela mostrou ter na ocasião.

Ela diz ainda que é uma menina de 23 anos, que tem muitos amigos de várias ideologias diferentes, que sempre respeitou seu espaço e que alcançou a Fama através apenas de uma boa torcida e de muita fé.

A cantora avisou que não voltará mais a falar de política.